Monday, 31 October 2005

Brasilian wax

Entremos então nessa coisa das gajas rapadas. Nos filmes chama-se brasilian wax ao acto de tirar todo o pelame lá de baixo com cera.

Inda ontem, num episódio do Sexo e a Cidade, as meninas mudaram de cidade e foram até LA. Uma delas mudou também o sexo: a Carrie foi à depilação e saiu de lá sem nada. Queixou-se do frio, disse que estava... careca. A Samantha perguntou se não lhe tinham deixado nem uma pistazinha de aterragem. Nada.

Pessoalmente, não penso arriscar isso da cera. Nas férias a gente faz um esforço para o biquini, mas penso que sou de ficar por aí. Afinal de contas, ter lá os pêlos é, também, um sinal de que já somos mulheres. Sem dúvida que é capaz de ser mais cómodo para quem tiver a sorte e o engenho de andar por lá com a boca, mas será assim tão relevante?

Tinha dito que este, a par das meias, era um tema de conversa entre a malta. Uns preferem o clássico triangulo, outros até gostam de ver outras formas, outros não enjeitavam experimentar a carecada.

Ao mesmo tempo, fiquei a saber que o fio dental já não é aquilo tudo que a gente pensa que é. Eles - vocês - agora gostam é de boxer feminino (já fui comprar um par, pra não dizerem que estou desactualizada). Verdade? Aquele assim agarradinho, e tal.

Resumindo: o brasilian wax não é pra mim, quanto mais não seja pela danada da comichão que deve dar quando o pêlo começar a crescer. Não fica nada bem a gente andar-se por aí a coçar ao nível dos botões das calças. Não é nada bonito.

28 comments:

Pim said...

Sou pela pistazinha de aterragem, definitivamente; sou pelo boxer apertadinho (muito, muito sexy) e, de facto, não, não é nada bonito andar a coçar por esses lados. Nada! ;-) Siga!!!

O Acordeonista said...

Cito o Pim.

bonifaceo said...

Há vários anos que prefiro o boxer. Quanto ao pelame, elas que façam o que é mais confortável, em união com o que fica bem, claro :D.

innocent bystander said...

maravilha, meninos! e outros desenhos? sei lá coraçõezinhos, e assim

Misunderstood said...

Coraçõezinhos?! Deus me livre! O brasilian wax, amor, é uma questão de hábito. Ou de experimentar... «Não negues à partida uma ciência que desconheces».

Boxers, sim. Embora haja roupa em que o fio dental é indispensável por causa das inestéticas marcas na roupa, o boxer «da bordinha de fora» tem grandes encantos.

innocent bystander said...

ai sim?... hábito?... eu bordinha de fora não sei, inda não usei os meus,mas é o mais provável

O Acordeonista said...

Epá, desenhos também é giro. Uma recriação do Mosteiro dos Jerónimos, ou da Batalha.

innocent bystander said...

as capelas imperfeitas?...

O Acordeonista said...

Uma espécie de Portugal dos Pequeninos, hein?

innocent bystander said...

isso tinha que ser uma gaja com uma floresta muita grande, catano...

O Acordeonista said...

Mas no final ia compensar. Era uma obra de arte Megalómana. Fazia-se o pacote completo pá: Cabelo, sovacame, pelagem púbica, e pêlos das pernas.

Imagem horrenda.

innocent bystander said...

cabelo?!

Misunderstood said...

Realmente... que horror!

Pim said...

uii.. a cena descambou.. a imagem é de facto assustadora. Ponto.

Portuga said...

Olha, eu gosto de ter um campo de visão livre, já para não falar da maravilha que é não ter de passar o tempo todo a cuspir ou, pior ainda, a tossir para desalojar algo da garganta.

"Afinal de contas, ter lá os pêlos é, também, um sinal de que já somos mulheres. "

Amiguinha, a partir de determinada idade deixa de ser preciso consultar essa zona para se avaliar se estamos perante uma mulher ou não. Aliás, na dúvida é melhor pedir mesmo o BI, porque se de facto não é uma mulher (no sentido de já ser crescidinha), podemos estar num grande sarilho.

Desenhos - o máximo que aceito é mesmo a pista de aterragem. Mais do que isso parece-me desperdício de tempo e de arte. Pode-se dizer que nesse campo sou muito minimalista. Ou a perfeição da limpeza total, ou uma tirinha para não ficarmos com saudades.

Fio dental vs. boxers - ok, a moda agora é boxers? Devo dizer que nunca fui seguidista no que diz respeito às modas. Não digo que os boxers não sejam interessantes do ponto de vista da ocultação da pele e do despertar do desejo pela sugestão. Mas um fio dental desperta o animal que há em mim e tem a vantagem de nem ser preciso tirar, basta chegar um nadinha para o lado. E é diferente dar uma palmada numa nádegas exposta que numa coberta de tecido... ai, pera lá, já estou a falar demais ;-)

innocent bystander said...

ó portuga, a gente às vezes também tem de cuspir e n se fala aí tanto em homens rapados, né? sim, dizem-me os meus compinchas que o boxer é que é, agrada muito à vista. ai pera lá, que isso das palmadas dá uma posta novinha em folha... :-)

Misunderstood said...

Homens rapados tb há, mas isso perguntem às mulheres dos jogadeiros, pq eles para prevenirem infecções, e mais n sei quê, tiram tudo (por mais que me expliquem ainda não percebi bem pq que os pêlos ali atrapalham). Não sou contra, nem a favor...

As palmadinhas já deram grande discussão... Mas fica aqui um truque que me ensinaram, mas que nunca pus em prática: um chinelinho fininho. Atenção, tem de ser fininho. Faz splash, ou seja barulho, mas não deixa marca, garantem.

Portuga said...

Ai fala, fala. É ou não é verdade que volta e meia se ouve falar de skinheads? Brincadeira. Mas olha, a verdade é que pelas diferenças anatómicas, o número de vezes que um homem tem de cuspir é superior ao número de vezes que as mulheres têm de o fazer. De qualquer maneira se não se fala em homens rapados é porque vocês não acham o tema interessante... eu sei que não acho ;-)

Senador said...

Os boxers são muito à frente! Há alturas em que por excesso de semi-nudez gratuita sabe bem imaginar o que fica por debaixo. Além disso é sempre agradável ver um rabinho bem aconchegadinho!
Quanto ao penteado o importante é que não seja denso tipo floresta tropical onde uma pessoa entra e pode nunca mais voltar a ser vista. Quanto a desenhos isso é um bocado ao gosto da freguesa mas a mim não me gusta nem deixa de gusta, é indiferente a puxar para o rídiculo.

a said...

Uma gaja fica sem net 1 dia e pronto... já chega atrasada a um meeting destes...

o que eu não sabia era que essa do brazilian wax era de facto "wax"... bolas... deve ser preciso coragem! eu tiro tudo à volta... (bem... é uma volta relativamente larga...)e já me custa horrores! não consigo imaginar tirar mesmo... como é que hei-de expor isto... mesmo lá (recuso-me a especificar melhor)!
misunderstood... é mesmo com cera? ainda me custa a acreditar!
(a comição resolve-se c mt halibut! o pior é o cheiro a peixe eheh!)

homens rapados... eles andem ai! a mim chega-me que mantenham o pelume relativamente curto para não se embrulhar na língua! bem curtinho é melhor! consegue-se chegar à pele e fica + sensível... (isso eles é q têm de confirmar)

portuga... essa da anatomia tem que se lhe diga... depende da maneira de fazer as coisas... acredita!... mas d qq maneira acho q uma gaja deve tb pensar no vosso bem-estar!

os boxers infelizmente não me ficam bem :o(

BEIJINHOS A TODOS!

innocent bystander said...

portuga: sim, mas não será muito superior, né? depende da técnica, diria :-) também n acho muito interessante, não...

ora bem, senador, tás na média sim senhor. mais coisa escondida dá mais à imaginação.

enquanto: não sei se a misunderstood é especialista nisso, mas eu acho que eles rapam mesmo, não é com cera. Nas moças do Sexo e a Cidade e o brasilian wax em geral é com cera, como o nome indica.

Portuga said...

Confesso que não percebo muito bem como é que fazem a depilação completa com cera. É que há pelos já na zona interior, mesmo nas bordas dos grandes lábios... passo o pleonasmo.

Misunderstood said...

Há institutos de beleza em que se faz com cera. É óbvio que dói, mas há tanta coisa que dói... As tatuagens doem e eu tenho uma e penso fazer outra. São dores suportáveis. Também há quem use a máquina de depilação ou a famosa gillete (o que não se aconselha, embora seja indolor).

Os homens andam a optar por depilação definitiva a laser (aqueles que têm dinheiro para isso) ou então socorrem-se da gillete.

A comichão, curiosamente, não surge. Ou melhor, surge quando é feito com lâmina.

Acho que esclareci algumas dúvidas ou talvez não... Eu gosto de andar informada e há sempre alguém ali ao lado que pode ajudar.

Bjs

innocent bystander said...

portuga: eu não sei nem quero! Aiiii

Malta: A Mis explicou, agora quem quiser que avance.

Portuga said...

Mas vocês, as gajas, gostam de ver um tipo assim exposto, sem uns pelitos?

Eu para dizer a verdade acho que a pila devia ser retráctil, como a dos cavalos ou dos cães. Não havia cá pelos nem nada disso. Quando fosse preciso lá punha a cabecinha de fora.

Mas não estou a pensar fazer depilação nenhuma.

innocent bystander said...

portuga: eu não quero cá gajos depilados. E se puderem não me pedir para o fazer - vá lá, uma vez em nome da fantasia - agradeço.

Portuga said...

Eu peço à minha mulher. Ela de vez em quando faz-me a vontade.

Vanessa said...

Não coça...muito pelo contrário o pelo nasce mais fino e passa a incomodar menos.