Monday, 28 December 2009

Desilusão

Não fui ver ao cinema, por isso deixei o Sexo e a Cidade a gravar nessa maravilha da técnica simplex que é a zon box.

Começámos a ver ontem. Ainda não acabámos, mas por enquanto invade-me uma tremenda desilusão. Filme fraquinho, desfile de roupas e gadjets que quase nao deixa respirar - o insert do iphone na Biblioteca então é de fugir - e da história nem sei o que pensar.

Já anda aí o trailer do segundo filme, também vou esperar que passe na Tv, acho.

Tuesday, 22 December 2009

Pecadora me confesso

Rondei o armário das prendas.

Pus-lhe uma chave e parti-a, não era de lá.

Tirei o bocado partido e, nesse processo, espetei uma farpa num dedo.

Confessei tudo, por medo de estragar o Natal.

No final, o armário estava aberto.

Tenho 31 anos...
.

Wednesday, 16 December 2009

As palavras que ele nunca te devia dizer

«Tens malas a mais. Tens 2346 malas, não te vou comprar mais uma para o Natal»
.

Monday, 14 December 2009

Dêem-me musicais

http://www.youtube.com/watch?v=PfNwO9HNqh4&feature=related



Série Glee, Dont stop believing

Estas coisas dos direitos não deixam por o vídeo, mas fica o link para a cena final do piloto da nova série Glee. Já estou agarradinha.

Wednesday, 9 December 2009

Ah pois é

Eu
vou trabalhar

Ele
fica em casa a fazer a árvore de Natal
.

Tuesday, 8 December 2009

Mudanças

Mudei de casa, de código postal, de margem até.

O mais importante foi comigo, tu, perdeu-se a balança, o estendal, os vizinhos aos gritos. Ganhou-se o elevador, o sossego, os tranportes para o trabalho.

Os livros estão todos juntos, os cds também. Temos espaço para as roupas e para tudo o que virá de novo.
.

A minha música do momento



Norah Jones, Chasing Pirates

Wednesday, 28 October 2009

Sinais

O que sei é que ontem eu queria ver o «American Gladiators» e ele disse «não, põe antes no America's Next top model»... Diz que era para ver as boazonas.

Thursday, 17 September 2009

Por falar em feio

o site de moda Asos, que até prezo, sugere estas calças. Atentai bem nas primeiras...


Thursday, 10 September 2009

Tão feios, mas tão bons*




A day in the life/Eleanor Rigby

* tirando o Paulinho, claro.

Monday, 7 September 2009

Só neste país?

Eu já tinha ouvido falar destas coisas, mas para colégios e bilhetes para os Rolling Stones. Pessoas que têm de dormir na rua para poder comprar bilhete ou ter acesso a vagas.

Fui a uma piscina municipal em Lisboa fazer uma inscrição. Ontem, liguei a perguntar a que horas abria. Disseram-me às 10, mas que era melhor ir um pouco mais cedo, porque ia estar muita gente. Cheguei lá às 8 e estava, de facto. O procedimento é por senhas - 50 para de manhã, 50 para a tarde e mais 50 na manhã seguinte. O mais curioso é que nem 100 vagas tinham. Uma vergonha sobretudo para as aulas de aprendizagem - supostamente estas vagas são por desistência, e não novos lugares.

Assim, fiquei numa fila ao portão da piscina até às 9.30, altura em que abriram o portão. Mais um tempo de fila e fiquei com a senha 85, ou seja, para a tarde. Não estavam 85 pessoas à minha frente, mas por inscrição é precisa uma senha, e não por pessoa, portanto um indivíduo pode chegar lá e pedir senha para o vizinho ou o canário. Entretanto li a senha: dizia que este sistema era para evitar filas, esperas prolongadas, para maior eficiência. Apenas sorri. Afinal, esqueceram-se do que é preciso para chegar à dita cuja.

A senha 50 começava a ser atendida às 15. Fui a casa, dormi mais duas horas e voltei à 15, com uma esperança tola de que avançasse rápido. Não. Estava uma (1) pessoa a atender, ao ritmo de 10 por hora. Assim, fui atentida às 18.30.

E pergunto. Não haverá outra maneira de lidar com as inscrições? Noutros locais do mundo as pessoas também perdem um dia só para ir a uma piscina? Seria assim tão impossível por mais do que UMA pessoa ao balcão?

Credo, que sono.

Thursday, 3 September 2009

31

Pois é, cá estamos de novo. O terror dos 30 não se verificou, como ficou expresso nestas dúvidas. Elaboro, ainda assim, uns prós e contras desta nova maioridade.

Galp, acessorize, ale-hop e tmn de novo na linha da frente dos parabéns.

Prós:

- Começo a não achar piada nenhuma aos trapos da Berskha (tanto que não acertei com o nome logo à primeira). Por outro lado, já entrei numa Claire's. Alguém já reparou na quantidade de tralha que aquela loja tem, nomeadamente em coisas para o cabelo e até cabelo mesmo?

- Não roo as unhas, uso-as pintadas a maior parte do tempo.

- Nunca terei bijuteria suficiente e vai havendo dinheiro para comprar.

- Não mudei de creme hidratante.

- Não oiço músicas mais adultas.

- Ninguéééééém me dá 31 anos.

- Foi a Citroen que me lavou o carro em Julho.

- Comprei All Star vermelhos.

- Ainda anteontem me ofertaram os Artctic Monkeys para eu ouvir antes de comprar.

-Adenda: Está uma rena de peluche a caminho. Pode-se ter peluches aos 31?


Contras:

- Sono mais cedo.

- Cabelos brancos (um ou dois) no sítio do risco!

- Fazer scroll down durante muito tempo quando é preciso preencher ano de nascimento em qualquer formulário internético

E para já é isto.

Wednesday, 26 August 2009

Olha os escuteiros outra vez

RE-RE-RE post:
Escrevi, em Novembro de 2005, sim, 2005!, um texto sobre os escuteiros. REPUBLIQUEI_O EM JANEIRO.

Foi o mais polémico até hoje, não por quem comentou na altura, mas por quem, ainda hoje deixa comentários num post com 4 anos. Isto diz muito de quem lá vai: normalmente são defensores de escuteiros ou até, pasme-se, escuteiros. Devem andar na net, ávidos para ver quem diz mal deles. Recebi outro:

Para responder à maior parte que odeia os escuteiros e que se fartam de insultar sem conhecer a realidade:Primeiro conheçam o meio e depois critiquem. Irrita-me ver aqui uma data de pessoas que se divertem a dizer mal dos escuteiros a mandar bocas, a falar do que não sabem. Só estão a fazer figuras tristes e digo-vos que se qualquer miúdo lobito lê-se os vossos comentários, fartava-se de rir de vocês. PARECEM CRIANÇAS DE 3 ANOS A FALAR DE POLITICA FINGINDO QUE PERCEBEM ALGUMA COISA SOBRE O ASSUNTO. Sou escuteira com muito orgulho mesmo e a melhor coisa que me podia ter acontecido foi ir para os escuteiros, e cada vez que oiço pessoas do vosso género, penso, ignorantes, não fazem a mais pequena ideia do que eu já vivi.....e isso só me dá ainda mais gozo, de andar nos escuteiros.
Para os ESCUTAS: Não liguem a este tipo de pessoas, porque só nós sabemos o que é o escutismo e também só nós é que precisamos de saber. Passamos experiências que eles NUNCA VÃO PASSAR! E TEMOS ORGULHO NISSO!


Já nem vou responder. Está tudo aqui e aqui.

Monday, 24 August 2009

Estou em choque! (já não)

A minha pin-up desapareceu ali das imagens, diz que a minha conta de photobucket está inactiva!! Há tantos anos que me identifico com ela... Para onde foi?

actualização: já a salvei, cá agora photobuckets... uff

Por outro lado

Não há melhores provadores que os da HM. Apesar do calor, têm a melhor combinação de espelhos. Além disso, caibo sempre numas calças 38.
.

Wednesday, 19 August 2009

Manhãs de sorte

Ontem, para festejar umas horinhas sem enxaqueca, fui finalmente ao Colombo. Meses e meses em aparecer graças ao Alegro, que alimenta a vertigem de compras de muitos suburbanos daquela área, uma das quais eu.

Fui à HM, tinha uma camisola sem mangas - agora diz-se malha - em vista, por isso avancei. Experimentei também umas calças de ganga escura, com corte clássico. Pra levar. E a caminho da caixa um casaco outonal, feminino, jeitosinho. Apesar dos 24.90, embarquei.

Quando cheguei a casa, vi um defeito na gola do casaco, por dentro. Arrumei-o e pensei de manhã ir logo à HM do Chiado. Aconteceu assim:

Eu -Olhe, queria trocar este casaco que tem aqui um defeito. Não sei onde estão (não estive para os ir procurar, a loja é grande) podia-me ajudar?

Funcionária 1- Ó... estes casacos estão onde, não são dos saldos?

Eu, ingénua - Não devem estar, isto parece da colecção de outono e na outra loja estão ao pé da roupa nova

Funcionária 2- Sim, estão ali nos saldos, custam 5 euros.

Nesta altura caiu-me a cara.

Eu - Então mas eu ontem paguei 25 euros por ele!

Fiquei a saber que cada loja faz o saldo que quer. E disse que o queria levar pelo novo preço. Entretanto trouxeram-me o novo casaco, que não tinha o preço novo na etiqueta e um do mesmo estilo, de outra cor. Disseram-me que estava apenas marcado no local. Espertos. Assim podem vender por um preço qualquer e aquilo anda de loja pra loja. Percebi que o mais provável era os casacos serem do ano passado, por isso se têm muitos numa loja põe ao pé da colecção nova, se têm poucos juntam aos saldos. Ok.

Problema:
Funcionária 3 - Mas se é só troca por troca não se pode mudar o preço...

Epa. Bem visto. Mas não me fiquei:

- Então quero devolver o casaco que comprei ontem e comprar o que vocês têm.

Feito. Não só trouxe um igual ao que tinha como o da outra cor. E mais 19 euros no bolso.

Saturday, 15 August 2009

Dilema: roupa para as férias

Andei recentemente a organizar fotos de férias no computador e realizei que em cada saída de férias apareço quase sempre igual, ou seja, com o mesmo aspecto.

É fácil de explicar. Primeiro, tiro férias quase sempre em Setembro/Outubro, quando não é em Dezembro. Nunca tive férias no estrangeiro no verão. Assim, estou sempre de casaco. E é quase sempre o mesmo, porque não estou para levar casacos diferentes - pesam, ocupam espaço (a excepção foi NY, um casaco quente e um de chuva sabe-se lá o tempo. Foi estúpido, teria sido uma boa desculpa para comprar lá um). Ah, também será a mesma mala, normalmente também só levo uma - as que se comprarem no destino são outro departamento.... Até já aconteceu andar quase sempre com as mesmas calças, quando nas primeiras férias conjugais consegui arrumar umas que depois lá não me serviam - sim, o amor engorda e sim, só levo calças.

Ou seja: quando faço uma mala de viagem, penso primeiro em conforto. Camisolas leves, casacos finos, um lenço. Cores que se combinem bem. Uma ou duas coisas para jantar. Mas depois chateia-me que em todas as fotos num determinado sítio, esteja sempre de kispo verde ou de casaco castanho, sendo certo que o tempo já não dá para o tirar na altura de fazer a foto. De resto, nem me lembro.

Depois vejo como as pessoas se vestem durante o verão. Vejo pelos turistas que se acumulam ali ao cimo do elevador da glória, que muita gente veste roupa como se fosse dar uma corrida. Calções, t-shirts brancas e as horríveis sandálias com meias ou ténis brancos. Depois andam com brutas máquinas fotográficas e vão mostrar à família fotos de Lisboa em que aparecem como se tivessem ido ao ginásio. Não se tocam? não podiam ter vestido uma camisolinha com cor?

O mesmo vale para quem opta pelo inverso e se passeia de saltos altos. Nunca percebi. Compreendo os acessórios, um chapéu, um colar. Mas os saltos não.

Isto tudo porque tenho nova viagem marcada, de novo para o fim de Setembro. Quero lembrar-me disto na altura de fazer a mala. Tentar dois casacos, calças sem ser de ganga. Um pregadeira, quiçá. Uma saia? Os camper estão garantidos, mas se calhar também uns All Star.

Se calhar para o ano, umas férias com tempo quente garantido.
.

Friday, 31 July 2009

É muito cartão, é

Comprei outra carteira, motivo Wizard of Oz. Tem crachás e sapatinhos vermelhos de penduricalho e tudo. Eu não estou em mim.
.

Thursday, 30 July 2009

Pub

Eu sei que o Reynaldo Gianecchini faz anúncios para a TMN. Mas sempre que vejo algum não é ir comprar telemóveis à bruta que me apetece.

Nem com os anuncios dele nem com os da Luana Piovani, já agora.

Amores de sempre novinhos em folha



Pearl Jam, The Fixer

Cor

Estreio-me no verniz Risqué, apesar dos perigos do toluene e tal. Hoje estamos de Havana. Ainda é verão.
.

Thursday, 23 July 2009

Chatices

- Acho ridícula a resposta «de legumes» à pergunta «de que é a sopa?». Se for de peixe, está lá o nome, se for gaspacho também. Assim, «de legumes» é um resposta vaga. e parva.

- Começa a tornar-se preocupante o número de cartões-cliente de lojas na minha carteira. Comprei uma nova, que nem fechava. Fui devolvê-la e trouxe uma maior. Está pelas costuras. Preciso de uma carteira só para essas cartolinas, está visto.
.

Friday, 17 July 2009

E pronto

Já fui e já vim.
Sem escaldões, talões, complicações.
Uma cor de fazer inveja às pernas da Carolina Patrocínio e que disfarça as olheiras;
Apenas dois livros lidos;
jantaradas com amigos;
Várias bolas de berlim e mais um quilo;
Peixe, conquilhas, ameijoas e mais peixe;
Água fria, vento, mas que lixe
quem dera ainda lá estar
.

Tuesday, 23 June 2009

É só mais uma semaninha

até rumar lá pra baixo.

Sol
mar
areia
chapéu novo
bikini novo
saídas de praia (gosto deste nome) novas
cabelo novo
protectores solares novos
se calhar sardinhas
muita salada
bolim berlim
conquilhas do meu pé esquerdo
e sabe-se lá que mais

Friday, 19 June 2009

Se há coisa que me dá mesmo nojo é tirar cabelos do ralo

já não tenho dúvidas.

Hoje o apanhador-de-cabelos-do-ralo-oficial não estava em casa, por isso decidi tentar. Que diabo, não podia ser assim tão mau.

Mas depois lembrei-me da razão por que temos um trato: eu tiro comida do ralo do lava-loiça, ele tira cabelos da banheira.

Quando estava a tentar, ouvi os fios de cabelo emaranhado a chiarem e deu-me vómitos. É certo que são cabelos meus, mas o nojo não é menor.

Tive uma série de vómitos, daqueles mesmo a sério, cheguei às lágrimas e quase deitei fora o pequeno-almoço. Desisti e esperei que ele chegasse do cabeleireiro.
.

Quero uma kimmidoll!



Todas aqui.

Saturday, 13 June 2009

E pronto


O teu primeiro está cá fora, espalhado por aí. Apareceu muita gente, novos e mais velhos, curiosos, orgulhosos. Fizeram fila para te apanhar, eu fiquei de lado a ver.
.


Thursday, 4 June 2009

De repente,

sem saber ler nem escrever, apanharam-me ontem no concerto dos AC/DC.

Não sou grande fã, os bilhetes apareceram a meio da tarde, bora lá. Um plastiquinho azul a proteger a relva, Highway to Hell, fogo de artifício, guitarristas malucos, corninhos a piscar, Thunderstruck. Yeah.
.

Na lista:

Maria Rita
Michael Bublé
Ben Harper

Tuesday, 2 June 2009

Estas aqui a baixo

picaram-me ontem o calcanhar esquerdo. Más. Têm um altinho na zona q passa no tendão de Aquiles, como as teclas 5 dos telemóveis, só notei quando me começou a doer. Pus um papel, já pensei em passar lá um foguinho, mas sendo aquilo plástico, tenho medo de largar fogo definitivo e ouvir as Melissa gritar. Más.

Enfim, hoje recorri ao melhor remédio: umas boas meias e os confiáveis Camper. Amanhã será outro dia.
.

Tuesday, 26 May 2009

É

A colecção é antiga, mas que importa?



Thursday, 21 May 2009

Vida urbana

Desconfiar SEMPRE de sanitas públicas com a tampa para baixo. Ninguém é tão educado se não tiver lá qualquer coisa para esconder.

A ver se tenho tempo pra falar sobre a visita ao dolce vita-tejo-odivelas-casal de s. brás, onde fiz a estreia nos hamburgueres H3 e me perguntaram se eu queria o meu foi gras (por acaso a moça disse froi gas, mas pronto) bem, médio ou mal passado. Um luxo.
.

Monday, 18 May 2009

Séries de gajas

Eu ontem estive a ver o «Clínica Privada».
Aquela Kate Walsh é de tirar a respiração.
.

Monday, 13 April 2009

Na estação

Há uma feira do livro na estação do Rossio, é coisa recorrente, que se saúda. Porém, o cartaz diz que está aberta das 10 Ás 21 horas. Chato.

Ainda nesta temática, hoje esqueci-me de trazer uma coisa para ler no comboio, assim fui só a olhar. Reparei na placa dos lugares sentados e de pé da minha carruagem. Então é: sentados 78, em pé 96.

Quem é o senhor que calcula quantos lugares de pé há? É que não são 90, nem 100, nem sequer 95. São 96. Meu senhor, se estiver a ler isto e for essa a sua profissão, conte-nos.
.

Friday, 20 March 2009

Ainda é só primavera

Tenho lido pelos blogs, tenho observado também.
É vê-las por aí, já de t-shirt e até tops de alças.
Com sandálias último grito exibindo os pés brancos.

Estamos em Março.

Estão a pensar vestir o quê, quando chegarmos ao verão?

Thursday, 19 March 2009

o homem

Ali na estação do Rossio, um menino fugiu de perto de sua mãe e veio para a rua. A mãe chamou-o: «Leandro, ó Leandro venha cá. Venha cá senão vem um homem e leva-o».

Ora bem:
1) Eu desconhecia que ainda se usava o homem do saco e o papão para assustar as crianças. Pensei que agora se usasse o mau das winx, ou assim;

2) Gostava que o tal homem viesse e levasse os pais que tratam os filhos por você.

Saturday, 14 March 2009

Só não vê quem não uer

Claramente faz falta ao Benfica um jogador com o braço inteiro tatuado.
.

Sim senhor


Bruce Springsteen - Working on a dream

Thursday, 12 March 2009

Então quer dizer

uma pessoa compra umas skinny jeans pra estar na moda, anda com as calças todas agarradinhas do joelho pra baixo, e vêm-lhe dizer que tem uns grandas pés?
.

No caminho do comboio para o trabalho

Vi duas senhoras italianas a trocarem a fralda a um bebé em cima de um pilarete de pedra. boa.

Realizei que os filmes se acumulam: pende o The Reader, falta o Watchmen e o Gran Torino já roda.

Ao subir as escadinhas do Duque, constatei que não acerto na roupa para sair à rua e não consigo fazer uma chave de correio.
.

Wednesday, 4 March 2009

Confissão

Sim, outro dia comi pipocas no cinema, a ver o The Wrestler, mas era um pacote infantil, era a última sessão e não tinha jantado. Espero que me desculpem.

Monday, 2 March 2009

Conversa quê?

Que teve de indiscreto a conversa de Alexandra Lencastre com Quique Flores? (Programa da tvi24 por volta das 23 horas)
Nada.
Ele de kispo e ténis, ela de top e saltos altos;
Uma lareira falsa;
Uma referência escabrosa ao W, onde o mister pararia todas as quintas, mas afinal não;
Uma sucessão de «muito bem» por parte dela.
Falta de legendas a fazer com que muitas vezes não se percebesse o que ele dizia.
Fraquinho
Vejam lá isso.
.

Thursday, 26 February 2009

Vamos empurrar o pipi: as mentiras e as verdades

1 – Aprendi a criar um e-mail numa aula da faculdade
A mais pura verdade. A cadeira chamava-se Pesquisa e Documentalismo. E sim, I, foi só no último ano.

.
2 – Já comprei sapatos que depois nunca usei
Verdade, pois, qualquer gaja já fez isto. Tenho lá uns vermelhos verniz e uns ténis que me esqueci que tinha.

.
3 – Usei a mesma cábula em todos os testes de electrotecnia;
Verdade. Nunca decorei a tabela de símbolos de amperes e companhia. Como saía em todos os testes, levei sempre o mesmo papelinho.

.
4 – Tenho um carro há cinco anos, só o lavei três vezes;
Também é verdade, a chuva vai ajudando. A Sanxeri andou perto.

.
5 – Sou contra e nunca deixo gorjeta.
É mentira. Deixo sempre gorjeta, por pouco que seja. Pode ser uma condicionante social, mas deixo.
.
6 - Já fiz telefonemas para o talho a perguntar se tem mãos de porco e a pedir duas pizzas;
Claro que sim, quem não fez? Ninguém acreditou, mas nas tardes de estudo em casa de alguém era certinho.

.
7 – Desaprendi de andar de bicicleta e até já caí com rodinhas;
É verdade. Já tive duas grandes quedas de bicicleta, uma delas com uma perna partida, mais uma com rodinhas à porta do meu prédio. Deviam estar mal colocadas e o chão escorregadio... Há pouco tempo tentei experimentar de novo, mas não consegui tirar o segundo pé do chão, bloqueei. Já não sei andar.

.
8 – Já comprei livros em línguas que não compreendo só porque gosto da capa.
É mentira para mim, mas verdade para o meu namorado. Ofereceu-me um livro escrito em cirílico só porque era giro.

.
9 – Sou das poucas pessoas que conheço que gosta de couves de Bruxelas.
É mentira. Andaste perto I, as couves de Bruxelas sabem a chão a terra, sei lá a quê. Até quero esquecer que existem.
.
.
Portanto as mentiras são 5, 8 e 9
Sanxeri apostou em 3, 6 e 7 embora andasse perto na do carro,
I apostou primeiro em 7, 8 e 9, eu entrei a dizer que estava fresco, então mudou depois para 5, 6 e 8, muito perto, mesmo muito!

Ninguém ganha nada.

Tuesday, 24 February 2009

O fim do Mundo?

Então uma manhã inteira sem Gmail? Ainda bem que andei por fora e só cheguei ao computador depois de almoço.
.

Palavras que me enervam

Entrudo.
.

Agora apreendam-me o blog

Gustave Courbet, A Origem do Mundo, 1866, Musee d'Orsay


PSP apreende livros por considerar pornográfica capa com quadro de Courbet

Monday, 23 February 2009

A verdade da mentira da verdade

Ora respondendo ao desafio dela, cá vão as verdades, que são seis, e as mentiras, que são três, e tudo e tudo:


1 – Aprendi a criar um e-mail numa aula da faculdade;

2 – Já comprei sapatos que depois nunca usei;

3 – Usei a mesma cábula em todos os testes de electrotecnia;

4 – Tenho um carro há cinco anos, só o lavei três vezes;

5 – Sou contra e nunca deixo gorjeta;

6 - Já fiz telefonemas para o talho a perguntar se tem mãos de porco e a pedir duas pizzas;

7 – Desaprendi de andar de bicicleta e até já caí com rodinhas;

8 – Já comprei livros em línguas que não compreendo só porque gosto da capa;

9 – Sou das poucas pessoas que conheço que gosta de couves de Bruxelas;

1, 2, 3 diga lá outra vez

Taraji P. Henson: o vestido cor desmaiado fica bem nesta pele.


Queen Latifah: poderosa

Marisa Tomei: parece ter 44 anos? Não parece. Simples em cima, «dramático» em baixo, a excepção aos desmaiados como a Evan Rachel Wood


Kate Winslet. A bombar.
.
Menção honrosa para os rosas de Alicia Keys e Natalie Portman; «Xón» Penn muito elegante, Mickey Rourke, quem diria, também;
.
Depois há os problemas de sempre, como a Beyonce. Mas houve também Miley Cyrus com um vestido que pareciam vieiras, Jessica Biel dentro de um laço, Penelope com o penteado da laca e vestida de noiva, Heidi Klum que não percebi, toda a Melissa Leo, do vestido ao cabelo e até Philip Seymour Hoffman... de gorro.
.
(fotos de oscar.com)



Sunday, 22 February 2009

O filme que falta no Kodak


De todos os que foi preciso ver em contra-relógio até hoje - faltaram O Leitor e A Dúvida -, Revolutionary Road foi aquele que mais gostei. Primeiro não lhe aranjaram um título foleiro, ficou mesmo com o nome da rua onde mora o casal da história, ainda que seja difícil de dizer.
Leo está muito bem, Kate está melhor ainda, e todos nós nos podemos rever naquela história das rotinas e das casas com jardim e os filhos ainda que 50 anos depois. Acho que este ano a selecção de filmes é inferior à do ano passado, e este faz de certeza falta na lista. Nem o pobre Michael Shnnon vai poder arrebatar o oscar de actor secundário, que já tem, e bem, o nome do Heath Ledger.
A TIME escreve que o livro está a ter maior aceitação agora que saiu o filme.

Sunday, 15 February 2009

Constatação

O Benjamin Button é um xoninhas.
.

Wednesday, 11 February 2009

Sala escura II

Revolutionary Road e Button já estão. Se eu tivesse tempo mandava vir com a crítica do Jm Tavares ao Revolutionary na Time Out, dizendo que o Di Caprio, finalmente, parece não ter cara de miúdo e faz um papel do caraças - a Kate ainda mais -, mas não tenho. O Button achei assim-assim. Voltarei ao assunto.

Tuesday, 10 February 2009

Sala escura I

The Reader, Milk, Benjamin Button, Revolutionary Road, Dúvida, talvez Frost/Nixon, felizmente o Slumdog já está.
Querem parar de estrear filmes ou tenho de meter férias até dia 22?
.

Eu sei, eu sei

Mas com isto do twitter dá-me um bocadinho de preguiça de vir aqui...
.

Thursday, 5 February 2009

Pode chover mais um bocadinho

Depois de semanas, meses de procura, finalmente uma gabardina. Na boa e velha Zara. (oferta do homem lá de casa). Andava meio zangada com a Zara. Não sei se da idade, mas tudo o que aparecia na Trafaluc eram trapos, na parte de senhora ainda não ando totalmente à vontade. Ainda assim, há meses safou-me a busca por um casaco preto curto.

Ps: a Womens Secret tem dos melhores saldos que andam aí.
.

Monday, 26 January 2009

Para acabar de vez com as dúvidas

Visão nº 829.
Sociedade - comportamento - «O enigmático homem novo»

Atente-se então nas págs. 70 e 71. Uma lista de estereótipos dos homens no novo século, a tribo Y, classifica os homens de «o básico» até ao «ubersexual».

Ora o básico caracteriza-se por «mentalidade rural, culto da força física, sem polimento social (o matarruano que limpa unhas ou cospe para o chão, bate na mulher ou nos que lhe fazem frente). Ícones: Arnold Schwarzenneger e Russel Crowe. Por acaso não concordo com a escolha do governador da califórnia, duvido que ele levante a mão à Maria Shriver Kennedy.

O ubersexual é «o grande eleito das mulheres do séc. xxi, maduro, na casa dos entas, e seguro de si. Surge por reacção ao metrosexual. Cultiva a imagem - sem exageros.
Ícones: George Clooney, Daniel Craig, Bono Vox, Clive Owen, Figo. Também discordo da inclusão do Figo, mas enfim.

Penso que a polémica dos canastrões fica assim encerrada. :-)

Thursday, 22 January 2009

Olha eles

Escrevi, em Novembro de 2005, sim, 2005!, um texto sobre os escuteiros. Foi o mais polémico até hoje, não por quem comentou na altura, mas por quem, ainda hoje deixa comentários num post com 3 anos. Isto diz muito de quem lá vai: normalmente são defensores de escuteiros ou até, pasme-se, escuteiros. Devem andar na net, ávidos para ver quem diz mal deles. Um exemplo que recebi há três dias reza assim:

«epah pessoal nao precebo as vossas tretas contra os escuteiros!!mas kual e o mal??estou completamente farto de ver merdas a dizer mal dos escuteiros!!!!por akaso sabes que se houver um desastre na cidade do porto tipu terramoto sabes quem e que vai ajudar a população dando generos alimentares para a população???SAO OS ESCUTEIROS!!!ate te pode salvar a vida a ti e voces so falam assim pk nao sabem tb o que se divertem!!!!nos tamos fartos de trabalhar para a população e so recebemos tretas a insultarnos!!quem e que dá água nas corridas nacionais??quem e que muitas vezes pratica o bem limpando o lixo destas cidades badalhocas??quem e que muitas vezes vai distribuir generos alimentares nas casas das pessoas idosas??OS ESCUTEIROS!!NO FIM SO NAO PERCEBO UMA COISA!QUE RAIO DE RAZAO DE QUEIXA TEM A POPULAÇÃO CONTRA NOS PAH??»

E não posso deixar de responder. Primeiro porque é escuteiro. Volto a dizer: não gosto das regrazinhas e das hierarquias e os beatinhos (sim, sei que os há seculares) e dos calções no inverno. Se vierem ter comigo para vender seja o que for levam tampa, como outro dia no verão em que vendiam calendários. Calendários a meio do ano? Tenham dó. Depois são eles que «dão água nas provas nacionais». Ui, coitadinhos dos corredores, que senão morriam à sede. Além disso, queixa-se da «população», que responde com insultos. Alguma coisa está mal em vocês, não? Ensinem os paizinhos a fazer nós e fogo com dois paus e eles que vos paguem os passeios.

Depois chateia-me que trate mal o português. Este tipo de escrita com kapas e xis e o diabo enervam-me profundamente. Quem usa, apesar de aparentemente pretender simplificar, só acrescenta letras, ou as palavras ficam iguais, como em «casa» dar «caxa», ou «fez» dar »fex». Se calhar não vêem bem o teclado, também pode ser isso. Já nem vou aos verbos, mas este rapaz vai mais longe. Transforma a fantástica palavra que é «pá», num pah sem sentido nenhum. Escreve-se PÁ, vale? Assim, reitero que vocês me chateiam. E se algum dia um filho meu vos apontar na rua e perguntar o que é, eu direi: «Não fiques a olhar fixamente para os senhores, que é feio.»

Wednesday, 21 January 2009

Unusual Architecture


Igreja de Hallgrimur, Reykjavik

Mais edifícios pouco comuns aqui, via Rascunho
.

Dinheiro caído do porquinho


Temos um mealheiro. A ideia era enchê-lo apenas com moedas de 1 a 5 cêntimos, mas depressa se passou para as de 10 e 20. O projecto foi definitivamente sabotado quando o méne lá de casa começou a pôr moedas de 1 e, imaginem, dois euros.



Esta semana ficou cheio e abrimo-lo. Deu 189 euros.



E agora, gasta-se em quê?



Anyone?

Friday, 16 January 2009

Antes que me esqueça

Odeio homens de unhas compridas.
Excepção prós guitarristas, vá.
.

Thursday, 15 January 2009

Pensa depressa

Quando tenho uma confrontação na rua, como hoje com um velho quando ele ia de carro e eu a pé, fico sempre a lamentar os palavrões que ficaram por dizer.
.

Wednesday, 14 January 2009

Oscar night

Hugh Jackman
Em todo o seu esplendor a 22 de Fevereiro

Tuesday, 13 January 2009

Afinal não são só as crianças

O melhor do mundo tem ar de bimbo
o melhor do mundo terá sempre ar de bimbo por mais caro que seja o fato
o melhor do mundo terá sempre ar de bimbo por mais caro que seja o fato, além de conjugar anel de brilhantes com relógio dourado
o melhor do mundo tem uma mãe que assiste à cerimónia em casa em fato de treino personalizado cor-de-rosa* - e talvez patrocinada pela marca que patrocina o melhor do mundo
Mas, apesar disto tudo

o melhor do mundo é nosso.

*adenda após comentário da Jo: sim, fato de treino com boné com o próprio nome...


.

Monday, 12 January 2009

Do fundo da madrugada

O Mickey Rourke acaba de ganhar um Globo de Ouro!!

PS: e o Colin Farrel também, pelo In Brugges...
.

Música do ano



Franz Ferdinand, Ulysses

(O álbum tá aí a rebentar)

Thursday, 8 January 2009

Mantra polar

Põe o baton Letibalm sol/frio spf 20
coloca a boina
enrola o cachecol
calça as luvas
sai de casa
entra no carro
tira as luvas e coloca-as ao colo
sai do carro
apanha as luvas do chão
põe as luvas
entra no café e tira as luvas para mexer na carteira
põe as luvas no bolso
até à estação põe só as mãos nos bolsos
entra no comboio
não tires a boina
lê um livro
chega
calça as luvas
tira as luvas para ir ao multibanco
uma luva cai
reforça o baton
calça as luvas
o nariz começa a pingar
pensa que aguentas até chegar
funga
afinal não
tira as luvas
guarda no bolso
procura um lenço
assoa
guarda o lenço
calça as luvas
lembra-te do post enquanto sobes as escadinhas
vai contra um pilarete porque a boina tem pala e vais a olhar para o chão
aconchega a boina
abre a porta
tira a boina
tira as luvas
deixa ficar o cachecol.

O dia ainda agora começou e já estou cansada. E com as mãos frias.