Monday, 29 December 2008

Mensagem de natal

(uma das coisas boas deste natal)


Terminada que está a maratona anual de visualização de O Senhor dos Anéis [este ano até com extras!!], eis que lavro o meu apreço pela trasmissão de Música no Coração há uns dias. Obrigada, mesmo que tenha sido anos depois do meu protesto.

Monday, 22 December 2008

Oh não!

Parecia que sim, que o mundo das revistas cor-de-rosa tinha batido no fundo, com paparazzis combinados, flagrantes preparados, conversas de chacha. Mas um dia destes folheei uma nova revista: a pretensiosa ohlálá.

Lá pelo meio de bocas, gossip a fundo e diz que disse e diz que viu, deparei-me com uma página com um desafio: fotografe os famosos e ganhe dinheiro. Então a ólálá propõe que eu ande de máquina fotográfica atrás a apanhar a Alexandra Lencastre às compras, o Cláudio Ramos a deitar o lixo à porta, a xiribiti a arrumar o carro ou a corococó a experimentar chinelos.

Além de isto ser perigosíssimo e de nos proporem fazer o trabalho deles, é baixo, é do mais baixo que já vi. Claro que o pagamento dependerá da escala de escândalo e recomendam que as fotos devem ser exclusivas, e que não devemos mandar a outra revista. Ah, a sério?

Tenham dó.
.

Wednesday, 17 December 2008

Olha...

Gosto das omeletes, ovos mexidos ou estrelados com muito sal.
.

Monday, 15 December 2008

Temperatura

Só faltaram os Pólo Norte na gala da TVI para aquilo ser mais seca que o deserto de Atacama.

Friday, 5 December 2008

Ora decidam-se

Na segunda-feira fiquei muito contente por a RTP passar o filme Batman Begins, sobretudo porque nessa mesma tarde tinha estado com o DVD na mão. O canal vendeu-o como o «filme do mês». Arriscado para um filme que dá logo no dia 1, mas pronto, tudo bem, o filme é muita bom.

Pior é que num dos intervalos passa a promoção de «Amor sem aviso», a que se referem como o filme da semana. Ora vamos lá ver: como é que o filme da semana pode ser melhor que o filme do mês? E não seria melhor não haver filme da semana na semana em que passam o do mês para não haver pessoas indignadas e confusas como eu?

Monday, 1 December 2008

in bruges


É daquelas coisas que se sente, daqueles filmes que se escolhe ver porque parece ter qualquer coisa. Aconteceu numa das salas Vip das Amoreiras - já agora, boa ideia isto de não se pagar parque a partir das 19 horas, hein?
Apesar de ter Colin Farrell, um dos canastrões aqui votados (embora nem sequer estivesse inicialmente a concurso, recorde-se), este filme é uma bela surpresa: boas interpretações e a descoberta de bruges. Bruges? Sim. «Fuckin' Bruges», apesar de ser achincalhada ao longo de todo o filme, é uma bela descoberta. Fica na Bélgica. Mesmo que não possam ir a Bruges, vão ao menos a este filme.

Thursday, 20 November 2008

Samba

«Ai que vergonha, até me deu vontade de rir quando liguei a televisão de manhã. Não vi nada, quando começa a haver muitos golos não interessa. O Queirós a passar as mãos pela cabeça... o Ronaldo não fez nada, mas que gente é aquela? Um avião tão grande, tão importante, chegam lá e não trabalham. Fazem falta os antigos. Comem, bebem, passeiam e não trabalham».

D. Palmira, minha espectacular avó, em conversa telefónica há pouco.
.

Wednesday, 19 November 2008

Sondagem 2

Ora a contagem está assim:

Colin Farrell: 449

Russel Crowe: 694

Clive Owen: 4

Obviamente, ganhou o Russel Crowe para maior canastrão do século; incrivelmente, Colin Farrell, que nem sequer estava a concurso, arrebatou o segundo lugar. Clive Owen, o meu preferido, ficou-se pelos 4 votos. I rest my case. E não ponho fotos, que aqui nao entram canastrões.
.

Monday, 17 November 2008

Sondagem

Uma recente discussão, que tem prai uns cinco minutos, obriga-me a deixar aqui esta sondagem sobre quem é o canastrão do século:



- Clive Owen

- Russel Crowe



Façam as vossas apostas, eu depois digo qualquer coisa. Ah, convém dizer que eu voto, sem sombra de dúvidas, no gladiador.
.

Friday, 14 November 2008

Uou...


James Franco, GUCCI Pour Homme

Wednesday, 12 November 2008

Está decidido

Hoje de manhã, a pentear-me, descobri mais um cabelo branco.
É o terceiro que vejo, o segundo a estar mesmo no sítio onde faço o risco.
E de repente já não tem assim tanta piada.

Monday, 10 November 2008

Anotação

O Tony Carreira, com bastante cabelo, figura ao lado da Popota -deslumbrante também este ano, diga-se, a interpretar Beyoncé - como par romântico no novo anúncio de Natal do Modelo? (vídeo descoberto aqui).

Eu ia perguntar se ele já tinha reagido, mas parece que a ideia até foi dele. E esta hem? Ah poizé!
.

Wednesday, 5 November 2008

Post 785

( foto Time, Callie Shell)

Andamos assim, embeiçados pelo Obama. Esperançados que ele traga qualquer coisa de novo. Mas ouvi de manhã o Governo Sombra, na TSF, e dei por mim a dar razão ao Pedro Mexia: que conhecemos do programa eleitoral? que admiramos além do poder de oratória e de magnetismo pessoal? Isso chega para escolher um presidente à escala mundial? Eu, por mim, não tenho dúvidas: gostamos dele porque é o mais bonito. (Embora o McCain também tenha um ar muito simpático. Mas isso não chegou para ser presidente).
PS: Desconfio um bocado da mulher...
.

Tuesday, 4 November 2008

E mais

O meu portátil aqui no trabalho pifou.
Estava personalizado com autocolantes de fruta. Banana Dole, Maçã de Alcobaça, Chiquita, por aí. Quitado à grande.

Veio há uns dias outro. Preto, sem graça, igual aos outros.
Que tristeza.

(Work in progress]

Ponho Movimento Perpétuo do Paredes a toca no fones e mergulho na Feira do cavalo da Golegã. Pareceu-me um bom match.
.

Monday, 3 November 2008

Comprei este poster, não sei onde pôr


(mais aqui)

Ahhhhh


Quase dei pulinhos de alegria no Jumbo. é uma das minhas memórias de pequena, quando ia ao café com a minha mãe. A tampa de alumínio o leite fresquinho. Agora há quartos de Vigor, sem ser de chocolate. Vou agora mesmo beber um meio-gordo.
.

Friday, 31 October 2008

Já está

Ainda não sei se sou a favor de comprar séries. Porque acho que só vou ver uma vez e andar. Podem dizer que isso também acontece com os filmes, mas estes são bem mais baratos. Até agora só tinha a caixa de O Sexo e a Cidade porque é giro, revolucionário e até já tinha acabado. Mas ontem não resisti a afiambrar-me a isto. (adenda: veio do Jumbo, no meio do resto das compras)


Está claro que isto me obriga a comprar as outras três, mas decidi que não me importo. É uma das séries mais fantásticas, menos claras, mais complicadas que eu já vi. Olá, sou uma lostie.

Não me faças isto, Rossio

A estação do Rossio começa lentamente a querer levar-me à falência.
Primeiro foi um café. Acho bem, acho bem, uma pessoa chega a Lisboa e apetece uma coisinha quente, um café, meia de leite, ou vai a voltar para casa e os folhados de queijo (shame on you) ainda estão ali viçosos.

Depois uma papelaria. Ainda por cima uma Relay, que além de ter todas a revistas (ou quase, que não vi a Vanity Fair), ainda tem uns livrinhos de bolso jeitosos, agendas e afins.

Agora uma loja de malas. São malas de viagem a 30 euros e quaisquer outras a 15. Pois. Uma já cá canta. Um saco sem fundo, imitação de pele baça sem ser brega, bolsos e bolsinhas, forro de tecido. A senhora, amorosa, até foi buscar-me uma que estava embrulhada. Diz que abriu há dois dias. Foi o desfile da Throttlelman na estação que me levou lá. «Ná, a loja não é dessa marca, ele punha lá uma loja aqui», disse. «Se fizer tanto como hoje e ontem já será muito bom». A minha desculpa para lá entrar foi estar a chover e eu ter uma mala de pano.

Que faltará, uma loja de discos? De gomas?
.

Thursday, 30 October 2008

Agora é que vão ser elas

E pronto, alguém lá em casa já tem o PES 2009 para PS2.
.

Wednesday, 29 October 2008

De maneiras que...

Fui ao dentista para uma destartarização e saí de lá com um provável diagnóstico de Problemas da Articulação Temporomandibular, a que nos referiremos a partir de agora de distúrbios de ATM.

Acontece que ao terminar um dos tratamentos fiquei com o maxilar preso, sem conseguir fechar. Felizmente a minha médica é um espectáculo, e conseguiu logo aplicar a técnica de fechamento - disse-me que há muitas colegas que não sabem e uma vez uma deixou um homem de boca aberta UMA HORA antes de lhe irem pedir para ajudar o homem. Só me tinha acontecido numa sessão de vómitos em Palma de Maiorca, quando tentava livrar-me dos mojitos da desgraça.

Ora agora perante distúrbios de ATM, tenho de ir fazer uma radiografia, para ver como se pode melhorar isto. Como a tendência não é passar, posso ter que usar uma goteira de oclusão durante a noite, o que não ajuda ao romance, ou ter de arrancar uma das dentuças e colocar um aparelho fixo em baixo, que também é de lamentar. Mas como diz uma amiga, agora até tá na moda. A ver se arranjo um cor-de-rosa. Siga.

Friday, 24 October 2008

Tenham calma!

E pronto. todos os anos é uma corrida para ver quem começa mais cedo. Ele já descobriu anúncios na Wine oClock das Amoreiras, ontem reparei numas bolas e azevinho nas escadas rolantes do centro comercial de Alfragide, a minha nova Meca.

Para não falar das lojas, como o Gato Preto, que já exibem árvores electrificadas, centros de mesa e bonecada variada para decorar a casa. Calma sim? Eu até costumo comprar coisas é na última semana de Dezembro, quando já tá tudo em saldo...
.

Música para o fim-de-semana



Gnarls Barkley, Who's gonna save my soul

Atenção: contém entranhas.

A primeira vez

Unhas de gel.
Rentes (que eu não sou maluca).
Vermelhas.
40 euros.
Duram um mês.
Não se fala mais nisso.
.

Thursday, 23 October 2008

Inquietações de regresso a casa

Estando há tantos anos em Portugal, gostava de saber porque é que o professor Bambo, vidente ainda por cima, ainda só dá as consultas em francês e precisa de uma tradutora.
.

Wednesday, 22 October 2008

abbamania

A melhor junção de miúdas giras, gajos feios, fatos pirosos e talento.




SOS, Abba

Monday, 20 October 2008

Fon Fon fon




Leio o site da/do blitz e há os incondicionais e os cépticos. Estranho.

Conheço da boca deles a simplicidade e a naturalidade com que encaram a segurança do sucesso do projecto, sem ceder a modéstias parvas. Gosto. São simpáticos, generosos, entusiasmados quando sabem que crianças gostam deles. Havia várias no concerto, aliás. Fico à espera de ouvir «autocarro da carris» lá em casa, ó Deolinda.
.

Friday, 17 October 2008

Thursday, 16 October 2008

É muito simples

Ainda não perceberam que os jogos de qualificação da selecção têm de ser TODOS no estádio da Luz (excepto, claro, com a Grécia) ou ocasionalmente em Alvalade (claro que o jogo com a Dinamarca não se repete).

Mas não, insistem em ir mostrar o clube portugal ao resto do país e brincar com coisas sérias. Sim, porque apesar de sermos tão espectaculares, temos de discutir as qualificações.

Depois, eu, se fosse presidente da federação, tentava aguentar o xixi até ao fim. É certo que eu não tenho próstata nem a idade do senhor mas, mesmo assim, ficava melhor.

Tuesday, 14 October 2008

Flores

Recebi flores no trabalho.

Antúrios.

Seis antúrios vermelhos.

Nunca tinha recebido flores com arranjinho, envelope e tudo.

Estão dentro de uma caneca encostados à parede, que não quero estragar o embrulho.

Assim vale a pena andar por cá.
.
Adora músicas novas, músicas boas, músicas fresquinhas. Assim, a junção entre Alex Turner (Arctic Monkeys) e Miles Kane (The Rascals) enche-me de satisfação. Soa a um cruzamento entre uma mega banda sonora de um filme de James Bond e Divine Comedy, e isso só pode ser bom. Estou ansiosa por ir comprar mais logo. Meninos e meninas, The Last Shadow Puppets.



The Age of the Understatement

Thursday, 9 October 2008

Mas vá, música para o Outono



Province, Tv On The Radio

Suddenly, all your history's ablaze
Try to breathe, as the world disintegrates
Just like autumn leaves, we're in for change
Holding tenderly to what remains
(...)

Wednesday, 8 October 2008

Decisões

Cá estamos de novo, entre um dia uma coisa outro dia outra. Entre as botas e os ténis, os kispos e os casaquinhos de malha, as malas de tecido ou as que podem apanhar chuva.
.

Monday, 15 September 2008

Sapatos



Tenho nos pés umas Melissa a cheirar a pastilha elástica. A dúvida é: quando eu for a andar, os animaizinhos não vão vir todos a correr atrás de mim, nomeadamente as formigas?



(sim mãe, comprei mais uns)


.

Wednesday, 10 September 2008

Queria muito celebrar...

... a entrada em funcionamento do Grande Acelerador de Hadrões.
Cum Caraças.
notem bem: acelerador de hadrões.

(um tubo entre a Suíça e a França, que para os leigos se traduz por acelerador de partículas.)
iupi.
.

A tradição

Ainda não me habituei ao novo penteado do Nuno Rogeiro.
.

Friday, 5 September 2008

Música de gente adulta



Radiohead, House of Cards

Chega-te pra lá

Não tenho grandes dúvidas de que até a Manuela Ferreira Leite deve ser mais divertida que o Adam Sandler. Ó coisa chata.
.

Wednesday, 3 September 2008

Waste Allocation Load Lifter Earth-class


A primeira meia-hora deste filme, sem diálogos nem nada, é algo de extraordinário, momento com a música de Louis Armstrong como um dos pontos altos. Quase nos esquecemos que é desenho animado, tal a perfeição do desenho.
Muitos poderão dizer que este gosto pode advir do facto de não gostar de deitar nada fora, mas não simplificaria assim tanto a coisa. E eu também me apaoxinaria instanteneamente por alguém que resolvesse o cubo de rubik em dois segundos.
Ah, a curta que abre, com uma mágico e um coelho também é bestial, não vale chegar atrasado.

Mal posso esperar para o ter na mão - olha a pista para o natal!!

E agora?

Hoje é o primeiro dia...
Devo deixar de ouvir o «Teenage Riot» dos Sonic Youth a abanar a cabeça e ligar mais aos Gotan Project? Arrumar de vez os cds mais barulhentos?
E mudar de creme hidratante, optando por um pré anti-rugas apesar da pele oleosa ou fico com o que tenho, que é apenas hidratante? E já vale a pena um creme de noite?
E ténis, deixo de comprar? Aposto mais em sapatos e botas?
E o rabo de cavalo? Devo fazer mais acima ou mais abaixo?
O carro – lavá-lo mais vezes?
Ainda se pode roer as unhas
?
.

Tuesday, 2 September 2008

E pronto

30 velas, 30 dias destes, 30 oportunidades para saltar com prendas.
a entrada na idade adulta, já me disseram 30 vezes.
Vamos lá ver isso.

Monday, 1 September 2008

A dois dias...

ofereceram-me novamente um estojo para as canetas.
Há muitos anos que não usava um estojo.
era canetas por todo o lado no fundo da mala.
É agatha ruiz de la prada, não façamos confusões.
obrigada mamã.
.

Thursday, 28 August 2008

Ai querem pistas?

.
Série 1 em DVD, o disco seria melhor.


Para viajar com estilo.

Sniff sniff

Deve haver poucas coisas mais parvas do que estar constipada em Agosto.
.

Tuesday, 26 August 2008

Viena em Lisboa

Sento-me no blogger após visita para almoço ao Kaffeehaus, restaurante/café/sítio giro com ar novinho a estrear ao Chiado. Degustada a wienerschnitzel com salada de batata de gabarito, pedida a apfelstrudel, a acção que faz sorrir é o café: servido em bandeja individual com copo de água ENGARRAFADA. Me aguardem.
.

Friday, 22 August 2008

Nelson

«Tu já viste que o que ele saltou é a distância do quarto até à cozinha!?», exclama a minha mãe.
.

É oficial que:

- adoro queijo Queru para barrar;
- os Coldplay são uma seca;
- o Benfica já tem duas medalhas e arrisca terceira seriam quatro ai raisparta a Telma
.

Tuesday, 19 August 2008

Salto no vazio

Não me lembro de ter estado tão nervosa como entre o segundo e o terceiro salto da Naide, eram 3h20. Fiquei a olhar para o computador, a abrir sucessivamente páginas, F5, a espreitar o triatlo, o diabo. Não acreditei que falhasse, mas também não tinha acreditado que arriscasse tanto no segundo como no primeiro.

Ela tinha sido a primeira a dizer que um estádio cheio era motivador, ao contrário de outros que tinham medo de ver gente, preferindo se calhar recintos vazios, quem sabe durante um jogo de Liga da U. Leiria, ou que queriam era estar na cama, ou se esqueciam de que estavam ali como atletas e não como espectadores.

Sei bem que para se qualificar para as finais, muitos dos atletas tinham que superar os seus recordes pessoais, como a Sílvia Cruz, que com 59m no dardo tinha que atirar a mais de 61, ou a Vânia, que com 68m precisava de atirar a 71 (!). Mas se há sítio onde isso seria mais possível, mais motivante, seria naquele espectacular estádio, cuidava eu. Mas não, preferem ir para a caminha, ou não estão fadados para «este tipo de competições», como esta vânia. Para casa, então.

Já a Naide, habituou-nos a passar qualificações. A ter marcas melhores do que as referências de passagem. Mas não deu, passou-se. Custou-me. Custou-nos. Daqui a 4 anos, quem sabe, se engole isto tudo que andou por aqui.

Resta-me o consolo, como tão bem li aqui, dos comentários dos agora separados Luís Lopes e Jorge Lopes, duas razões para eu vibrar com atletismo.

... e comentadores histéricos

Quero também agradecer ao comentador de remo do Eurosport o entusiasmo burbulhante -«vamos aplaudir de pé, senhores telespectadores, este atleta norueguês que em Maio de 2007 jantou numa tasca no bairro alto e com o qual passámos o inverno» - e também ao de polo aquático da rtp. Bem haja quem se lembra de, de quatro em quatro anos, tirar estes exemplares da caixa em que estão guardados. «ó silva, vamos transmitir aqui uma coisa de remo, não sabes em que caixa está o trolaró?

Thursday, 14 August 2008

Diário Olímpico 2

O que é que se passa com estes fatos da natação que não deixam ver os rabos das miúdas e os peitorais dos rapazes?
.

Mais vale tarde que nunca

Nunca gostei do Rob Lowe quando era moda gostar do Rob Lowe. Há uns vinte anos, ou assim. Tinha penteados horríveis, era bonitinho de mais, arrisco até mau actor.

Mas depois aparece no West Wing, enxuto, bonitão, penteado moderno, olhos mais azuis, rápido nos diálogos como só aquela série sabia fazer.

E agora a confirmação com Irmãos e Irmãs. Enxuto, penteado moderno, olhos mais azuis, camisas impecavelmente passadas a ferro. Eu votava nele para presidente, mesmo que seja Republicano.
.

Monday, 11 August 2008

Diário olímpico

A China tem destas coisas. Insistem em fazer os Jogos quando lá é de dia, por isso eu aqui vou dedicar os próximos dias a entrar por volta desta hora.

A noite pesa, já se sabe. Ando pelo Bairro de mini-geleira e banho recém-tomado quando outros já vomitam pelas esquinas. Assisto ao nascer do sol e saio já quando as ruas estao molhadas de acabadas de limpar, os cafés começam a abrir. Luto para não adormecer no comboio.

Chego a casa, fecho as persianas e digo boa noite, lá pelas 11 da manhã. E ainda falta...

Sunday, 3 August 2008

Saturday, 19 July 2008

Bute chinelar


À esquerda, os meus, à direita, os dele.

Até já!

Thursday, 10 July 2008

Mictório

Uma e meia da manhã, saio do trabalho, zuca, Rua do Diário de Notícias acima e curvo para a rua do Grémio Lusitano, para cortar caminho. Má ideia.

Ali, mesmo em frente ao Stravaganza, um jovem oferece chichi à parede, com os amigos a conversar a três metros. Que se passa para hoje em dia um homem achar que pode mijar em qualquer lado, sem olhar a quem passa, sem qualquer pudor? Devem achar, elas vêem pilas em todo o lado, nas revistas, nos filmes, já sabem como é. Muito bem, até pode ser, mas eu dispenso ver a TUA pila, jovem que mija na rua do Grémio Lusitano à 1.30 da manhã.

E já nem é só de noite, ainda no domingo, a meio da tarde, no muro da marginal em frente à praia de Carcavelos lá estava outro. Há poucos dias, aproveitando uns andaimes de obras também no Bairro, outro, deviam ser umas seis da tarde. O que é que se passa com essas bexigas?

Ah, eu se for ao Stravaganza dispenso ficar na esplanada...
.

For the record

Este Pablo Aimar dá-me cá uns calores...
.

Tuesday, 8 July 2008

No trabalho de manhã

Ruas do Bairro Alto ainda sem gente.
As carrinhas de distribuição vêm mais tarde, as de recolha de garrafas também.
Entre o barulho do teclado, só se ouve o amolador através da janela aberta. Ai se o blog tivesse som...
.

Monday, 7 July 2008

As drogas são nossas amigas

ZOLMITRIPTANO

Antienxaquecoso. Agonista selectivo dos receptores serotoninérgicos vasculares 5HT 1D que também possui afinidade moderada pelos receptores serotoninérgicos 5HT 1A e mínima sobre os receptores 5HT 2, 5HT 3, 5HT 4, alfa-adrenérgicos e beta-adrenérgicos, histaminérgicos, muscarínicos e dopaminérgicos. Indicado para tratamento agudo da enxaqueca.
.

Quando tudo arde...

O melhor da transmissão da rtp n, que não insistiu na emissão em loop das mesmas imagens como a sic notícias, foi a jornalista lá em baixo na rua:

- Nesta altura, as pessoas tentam salvar coisas importantes, de valor, as chaves de casa, ....

Pergunto eu: para que quererá um dono de uma casa ardida as chaves de casa, quando o mais provável é não ter porta?

Bem sei que fazer directos é lixado, mas deu umas gargalhadas valentes.
.

Lá diz o ditado

Semana nova, mala nova.
.

Wednesday, 25 June 2008

[continua]

Outra
outra coisa chata do calor e do verão,
além do cinto do carro no pescoço, do suar entre as pernas
é ter cabelos soltos pela t-shirt abaixo a fazer-me comichão nas mamas.

Monday, 23 June 2008

Já ando a dizer isto há duas semanas

Dou dez euros para contratar o Guus Hiddink para a selecção.
.

Friday, 20 June 2008

[Superstições] Merda

Não fui mesmo para casa.
Se calhar foi dos caracóis.

Thursday, 19 June 2008

Superstições

(Faltam duas horas)

Como qualquer pessoa, tenho rituais nos jogos de futebol. Deixei as bandeiras e afins no mundial 2002.

No euro 2000 comecei a ver o jogo com a França numa cadeira, ao intervalo mudei e foi o que foi com o Abel Xavier.

No euro 2004 vi todos os jogos na mesma sala, na mesma cadeira, com as mesmas pessoas. Perdemos o euro, mas ganhei um namorado para a vida.

Há dois anos vi sempre os jogos no trabalho, afinal são trabalho, mas havia a alemanha.

Este ano vi só o jogo com a suíça em casa, correu mal. Hoje, não vou para casa antes das 21 horas.

(Faltam duas horas)

Tuesday, 17 June 2008

Diário do Euro

E calhou a Alemanha, graças à fantástica equipa do mister Bilic.
Porém, temos o Beckenbauer do nosso lado, o Pepinho e o Ronaldo.
É certo que também temos o Ricardo, mas eles têm um seleccionador um bocado pintas de mais.
Estou confiante.
.

Big deal...

Vi no Tyra Banks Show o Donald Trump confessar que nunca usou um multibanco. «Tem pessoas» que vão buscar o dinheiro por ele. Grande coisa. Eu também nunca andei de jacto particular.
.

Wednesday, 11 June 2008

Composição

Gosto muito da Suécia.
Já fui à Suécia e gostei.
Os suecos são muito queridos e simpáticos e amorosos.
Gosto muito do zlatan, o zlatan faz golos bonitos.
Os suecos são amarelinhos.
.

Saturday, 7 June 2008

O pior

O pior pior pior pior de tudo o que envolve o Euro é ter de suportar directos em dia de jogo no Castelo do Queijo.

Vá e aquelas três palavrinhas que também já irritam: autocarro da selecção.

Thursday, 29 May 2008

Feira

Embirrei, danei-me, disse mal, mas afinal as barraquinhas da Leya na Feira até são simpáticas. Dá para entrar, sermos nós a escolher o livro que levamos, só não gosto do modo de pagamento na «caixa central» do meio, que me «obrigou» a ir pagar um antes de ver o resto das editoras, sob pena de me sentir mal a circular com um livro que não tinha pago. Bem sei que os palhaços que lá andavam (literalmente, era gente mascarada) deviam estar a controlar, mas nunca fiando. Aviei a fartura da ordem - um eurito, vá - e caminhei à vontade. Ainda não havia mapa dos pavilhões, mas o multibanco não falhou. Os descontos continuam uma merda.

Assim, de cabeça:
Brevíssima História do Tempo, Stephen Hawking
Portugal hoje- o medo de existir, José Gil
O jogo do Mundo, Julio Cortázar
Alice no País das Maravilhas/Do outro lado do espelho, Lewis Carrol
O sangue dos inocentes, Julia Navarro
O deus das pequenas coisas, Arundhati Roy
.

Garra

The Greatest



Monday, 19 May 2008

?!

Para não correr o risco de não pensar muito, comprei as fly london em cinco minutos, depois de várias horas a namorá-las. Ainda estão guardadinhas na caixa, à espera de tempo verdadeiramente quente. Custaram o preço que todas vocês desconfiam e muitas até sabem.

Eis senão quando, passo hoje em frente a uma loja Bata e vejo umas iguazinhas, IGUAZINHAS, tirando a mosca da presilha, a metade do preço, ou seja, 44 euros. Acontece que esta loja está mesmo a pedir para ser acusada de cópia, não? Estive quase para entrar, indignada, depois de pedir umas fly emprestadas na loja mesmo em frente, brandindo-as no ar, mas vou esperar que alguém repare. é que são mesmo iguaizinhas, hã, pessoal da fly?

Monday, 12 May 2008

Wednesday, 7 May 2008

Pensamento do dia

Uma das coisas mais chatas do tempo quente - outra, por exemplo, é suar entre as pernas - é ter o cinto do carro a trilhar e a raspar-me o pescoço por via de usar t-shirts. Tá dito.

Wednesday, 30 April 2008

O aquivador de radiografias

A Radar pregou-me uma partida. Ia eu descansada a conduzir quando oiço Carlos Paredes. álbum de família com Movimento Perpétuo. São 14.30, já vai a meio.
Ali a descer os cabos dávila (é preciso rever este nome rapidamente, aquilo só serve para pendurar um anúncio da media markt) o Tiago Castro fala no Verdes Anos e começo a tremer, nó na garganta, olhos enevoados. Levo a mão ao olho, mas acerto na lente dos óculos de sol. Continua com o álbum. Fecho os vidros, ponho mais alto, vou andando ao som de Mudar de Vida.
Ali a chegar às Amoreiras, o Tiago conta a vida do Carlos. Fama mundial, concertos aqui e ali, hospital de S. José a arquivar radiografias, homem dos mil dedos, mielopatia, último fôlego em 2004. Caem-me umas lagrimitas, nem sei bem porquê. O álbum acaba. Saio do carro e vou para a repartição de finanças da Nespresso.

Adenda: e daqui a bocado é meio-dia de domingo e dá outra vez, com respirações do senhor e tudo.

Monday, 28 April 2008

Também quero isto aqui II


Eu não jogo às cartas nestas figuras, é certo, portanto às malvas com isso da campanha das mulheres reais. O que eu gosto é da Cláudia, e se tanto andam para aí a mandar vir com a moça, eu digo que gosto. Se quiser jogar às copas também pode ser.

Saturday, 19 April 2008

A prova da suspeita

Por muitos anos que estejamos emigrados, diremos sempre palavrões na nossa língua-mãe.

Ex:
Cristiano Ronaldo marcou agora um livre contra a barreira. «Merda, pá», exclamou.

Monday, 14 April 2008

Um exemplo do futebol

Devia haver um Comissão Disciplinar da República que aplicasse uma suspensão ao senhor alberto joão jardim por declarações absurdas. Ou um sumaríssimo, ou uma multa, ou pelo menos uma reguada.
.
.

Irra

Já disse que odeio sandes com manteiga? Já, não já? Obrigada.

Thursday, 10 April 2008

Tesourada

E pronto, o Pedro fez um belo trabalho com o meu cabelo, de onde destaco um excelente upgrade à franja e menos peso.
Porém, o penteado de cabeleiro deixou-mo esticado, um bocado à Lucho González e hoje, já depois de lavado e devidamente rebelde, ao passar num espelho, pareceu-me ver o vocalista dos Europe - meu queriiiiiiiiiido Joey Tempest - ou outro cabeludo dos anos 80.
Por sorte, ainda ninguém o referiu. A ver se me habituo.
.
.

Sunday, 6 April 2008

Lavar as mãos

E porque é que os centros comerciais insistem em por torneiras modernaças cada vez mais difíceis de accionar? Fico ali feita estupida a por as mãos debaixo de uma cena e atrás da bola preta e do sensor não sei quê e lavar as mãos é muito complicado. Pois, é que já não é só ligar, ligar tá fora de moda...

Básicos

Na women's secret, conversa entre empregada e cliente, amigas:
- Então, vens comprar uns básicos? [básicos é aquilo que se usa no dia a dia, preto, branco, cor de pele, que não merece ser chamada de lingerie, aparentemente]
- Sim, queria o tamanho X, porque emagreci um bocadinho.
-Emagreceste? Hás-de me dizer como é, também queria essa receita!

[Penso para mim que vou ficar mais um bocado a ver a promoção um calção + 2 tshirts que não preciso para ver se ela dá mesmo a receita]

-Olha filha, a receita é um desgosto de amor! Emagreces num instantinho!!

Tive de concordar com a resposta da amiga: para mim não dá. Não me apetece isso dos desgostos, nem me interessa nesta altura nem daqui para a frente.

Mas fiquei a pensar: se é verdade que se engorda com o amor - eu que o diga, obrigadinho, dizem que é de fazer comer para dois e dividi-lo e comer mais e pior e ainda por cima estar feliz - é provável que o desgosto ou o desamor provoquem uma baixa de peso. O que eu gostava era de conseguir conciliar as duas coisas, o emagrecimento e o amor, para também poder comprar uns básicos novos. E não, não trouxe os calções + 2 tshirts.

Saturday, 5 April 2008

Em repeat



The Gossip - Listen up
É pra rebolar!

Wednesday, 2 April 2008

Mais uma traição

E pronto. Fugiu-me a Natasha, que me compreendia o cabelo, agora deixo eu a Bárbara, que lhe tocou duas vezes e até bem.

Mas desde que o meu cabeleireiro Eric Stipa se chama Arlete, tenho receio de lá ir. Este nome de cabeleireira, como Tina ou Tila, não me inspira confiança. Aproveito o desconto da minha querida Time Out e lanço-me ao Facto de Santa Apolónia. Bora.

Saturday, 29 March 2008

Thursday, 27 March 2008

Recados

Tinha duas coisas para fazer ainda agora: comprar bilhetes para Cat Power e vislumbrar o Limited Edition na Nespresso. A primeira aviei, a segunda, desde que vi que aquilo agora mete tirar senhas, como se fosse nas finanças ou na farmácia, desisti.

Pés

Gosto de pés.
Gosto dos meus pés.
Gosto tanto dos meus pés que ando a namorar umas sandálias Fly London.
Acontece que gosto tanto dos meus pés, mas eles não gostam de mim. Sapatos ou botas de salto alto não me aguento mais que uma dia sem que apertem os dedos, com as sandálias fico com os calcanhares em ferida.
Gosto dos meus pés, mas eles são sensíveis de mais. Foram muitos anos tratados a ténis, agora não querem outra coisa. Eu percebo.
Gosto dos meus pés, mas hoje já torci o tornozelo com estas botas de salto grosso aqui no empedrado do Bairro Alto. Já estraguei outras que têm tecido na zona do salto porque me fugiu o pé para o lado.

Queria ver a menina Carrie Bradshaw e as amigas a correr ou até mesmo a andar no Bairro Alto ou num qualquer passeio em paralelo desta cidade. Queria mesmo.

Wednesday, 26 March 2008

Tuesday, 25 March 2008

O horror ou talvez não

Sim, é verdade. Cantei até às cinco da manhã num jogo chamado Singstar, uma especie de karaoke mas muito mais giro. Não me safei mal, valeu-me que aquilo tem os cantores a interpretar as músicas por baixo.

Só não digo onde foi, porque os senhores vizinhos foram simpáticos e nem apareceram com paus para nos bater nem nada. Assim pode ser que dê para voltar.

Saturday, 22 March 2008

Separados à nascença

Vocês também acham que aquele rapaz vocalista dos Tokio Hotel, que pôs meio Portugal adolescente em pranto esta semana, é igualzinho à Bjork? É certo que cultiva o estilo andrógino...

Thursday, 20 March 2008

O segredo para me pôr as pernas bambas?

Falar-me em argentino...

Crescer


No meu parapeito nascem salsa, rúcula, manjericão, uma flor roxinha e três cactos (com estes três estou mais ou menos segura). Boa sorte.

Wednesday, 19 March 2008

12 palavras

Ora bem, já fui apanhada nisto das 12 palavras, não sei porque não não 1o ou 50, mas cá vai:

1- Rambóia. É giro, não ofende, e tanto pode designar uma orgia como um grupo de gente animada.

2- Besteira. Toda a miríade de coisas parvas que eu e a minha pandilha nos pomos a dizer.

3- Miríade. Nem de propósito, usado na explicação acima. Tal como...

4- Pandilha. Tanto dá para os chineses como homens maus em geral.

5- The Balrog of morgoth. são várias palavras para designar um mostrengo no senhor dos anéis.

6- Bife. Uso para qualquer tipo ou forma de carne. E ingleses.

7- Foda-se. Porque liberta.

8- Rocambolesco. Dá ideia de coisa em grande.

9- Babe. Carinho.

10- Tralha. Serve para designar qualquer coisa. Dá para usar em vez de coisa. Ou coiso.

11- Ronha. Fazer, pensar em fazer, manhãs no ripanço.

12- Raisparta. Cheguei ao fim.

Passo ao Lunatic, para não se ficar a rir.

Sunday, 16 March 2008

E já custa seis euros!

Já falei aqui contra os bilhetes, os preços dos bilhetes, as pipocas, as bilheteiras onde se compra o bilhete ser a mesma para as pipocas, o barulho nas salas. Frequento algumas vezes a lusomundo porque é mais perto de casa, onde todas estas desvantagens se juntam. Agora decidiram juntar-lhe mais uma: os intervalos.

Que mais não são do que uma desculpa para os amantes da pipoca e da cola se irem reabastecer. Bem podiam passar mais um ou outro trailer, mas não, fica ali o ecran todo escuro uns 5 minutos. Outra coisa a evitar: a sessão das 21, com gente que fala alto, comenta o filme como se estivesse em casa, atende o telemóvel, verifica as mensagens e sabe-se lá mais o quê. Minha rica sessão da meia-noite - ao intervalo já as bilheteiras estão fechadas, só resta fazer chichi.

Saturday, 15 March 2008

Post para dentro

Bairro Alto, local de trabalho:

Cheira aqui a torradas.
Daqui a nada é a peixe assado.
Depois queixam-se cuma pessoa só pensa em comer.

Thursday, 13 March 2008

Quem diria?

só depois de ouvir consegui acreditar nas incríveis parecenças deste rapaz com Jeff Buckley. Estranhamente, fiquei contente...Hoje, em Lisboa.



Patrick Watson, «Luscius Life»

Wednesday, 12 March 2008

Mas eu disse que gostava de morenos!

Desculpe?

Na semana passada fui à Madeira em trabalho. Só ouvi falar inglês. É certo que o hotel é dirigido especialmente aos velhos ingleses que ocupam aquilo em time-sharing, entram pela porta principal dentro com sacos de compras na mão, mas é chato entrar num restaurante e dizerem-nos Hello. Nas quatro refeições que fiz, a única excepção aos ingleses foi um casal de espanhóis. No elevador, a mesma coisa.

Mas pior, é estar dentro do quarto, baterem-nos à porta, eu dizer que estou lá e responderem: I come back more later.

Se o Cristiano Ronaldo tivesse trabalhado num restaurante talvez tivesse chegado a Manchester a falar inglês mais cedo.

Monday, 10 March 2008

CI-NE-MA

Os nove, ou seis euros ou lá quantos são que custa a Vanity Fair não parecem, às vezes, ser de mais para isto. Uma série de recriações de frames de filmes de Hitchcock.

Deixo a Scarlett Johansson e o Javier Bardem a vestirem o Janela Indiscreta, um dos meus preferidos, mas vale a pena espreitar a Marion Cotillard no Psycho e o Seth Rogen no North by Northwest.

Saturday, 8 March 2008

Limpezas

Qual foi a ideia da Renova em pôr fantasmas no papel higiénico, hum?

Friday, 29 February 2008

Thursday, 28 February 2008

Lost (again)

Três episódios da quarta série aviados, as dúvidas de sempre... :-)

Monday, 25 February 2008

Oscars V

E o prémio de discurso mais emocionado vai paaaaaaaaaaaaaaaara:


Marion Cotillard, por La Vie em Rose. Gira, emocionada, basta ver o discurso no palco e na thank you cam nos bastidores em Oscar.com

Oscars IV

E os mais giros, que também os houve:
Javier Bardem
Katherine Heigl

Agora toca a estrear o no Country for old men, tá?

Oscars III


Deu-me o sono, mas por volta das duas da manhã já eu temia que o Daniel fosse lá ao palco nesta figura, como comentei aqui na Luna. Outro que devia pedir emprestado o guarda-roupa dos (poucos) filmes que faz. Ou agora vestir aquilo ao Oscar... Sinceramente, fato preto com sapatos castanhos de camurça??

Oscars II

(foto Oscar.com)


O que é aquilo ao lado do Johnny Depp? Eu bem te avisei, jóni...
(também me hão-de explicar porque é que ele tem sempre melhor aspecto ns filmes do que na vida real)

Oscars I

Eu acho que a peruca do Javier Bardem também devia ganhar um prémio por pior penteado de sempre.

Saturday, 23 February 2008

Sangue mais vivo


(Alexandra Lucas Coelho, Público)

E é isto mesmo. O filme vai entrando melhor umas horas depois, já sem aquela música estranha, que não se entranha, que ajuda a que nos mantenhamos afastados de qualquer empatia com Daniel Plainview, nem mesmo quando se derrete em beijinhos com o filho adoptivo. E o final, o final... faz-nos ir acima e abaixo, enchendo medidas.
Tive de ir a correr ontem para o ver antes de domingo e dos Oscars, para me poder sentir plenamente em paz quando ele for receber o dito do oscar.
Só me chateia ainda não ter visto a maioria dos outros, assim não sei como me sentir quando anunciarem os vencedores.

Thursday, 21 February 2008

Já agora outra vez

Porque carga de água é que o Di Maria não joga SEMPRE????

Ah, já agora

Ninguém dá um toque de reality-check à Manuela Moura Guedes?

O dia da independência

Gostaria de agradecer aos senhores que fabricam as garrafas de iogurte (para já Adagio e Mimosa) terem feito umas embalagens com novas tampas mais fáceis de abrir. Já abri duas sem ajuda masculina.
Obrigada.

Save the cheerleader, save the world

Na merceria, enquanto espero para pagar duas pêras e um iogurte líquido Mimosa magro, tenho sempre de fazer um esforço enorme pare resistir aos donuts, aos tronkitos, aos bolicáus, aos chipicáus... Mas porquê???

Recomeçou o Heroes, by the way. Não percebi nada, mas sei quem é a cheerleader...

Da lua

..
(Ali Jarekji/Reuters)

Já estava deitada quando me lembrei de a ir espreitar, pouco depois das 2 da manhã. Levantei-me, corri para a janela da sala e nada. Tinha estado a chover, algumas núvens tinham-se dissipado. Fui para a janela do quarto e, lá em cima quase escondida pelo terceiro andar, vi-a quase a ser engolida.

Wednesday, 20 February 2008

Estreia do dia

Sandes de pão de mistura com queijo Havarti.
Havarti, pois. Parece uma cidade na Dinamarca, na Suécia, na Finlândia, ou na Islândia, mas diz que é um queijo.
Quem conhecer que se chegue à frente.

Acessórios

Tenho problemas com bandoletes. Primeiro nunca sei como se escreve, mas vou presumir que é assim: bandoletes.
Tenho cabelo rebelde, que gosta de fugir para a cara. Ao longo de anos e anos sempre tentei usar, mas mesmo aquelas com dentinhos me fugiam para a frente. Há pouco tempo voltei a tentar, para me segurar a franja quando já está comprida e e na rua os óculos de sol servem, a trabalhar já não é bem assim.

A minha mãe ofereceu-me uma, esperançada, e até parece ter funcionado. Investi noutra igual, aquelas giras de pele da H&M (a imitar pele, vá, custam 1.90€), mas os problemas voltaram:
1. Devo ter uma cabeça mal-amanhada - na curvatura ou me sobra bandolete, ou tenho pouco cabelo ou a cabeça com mossas;
2. Passado algum tempo de utilização, começam a doer-me os ossos atrás das orelhas e tenho de a aliviar, ou seja, o cabelo à frente começa a fugir-me.
3. Roubam o espaço que é preciso para os óculos de sol.

Já me está a doer, vou acabar com isto e procurar um gancho.

Tuesday, 19 February 2008

Sangue vivo

Johnny Depp a cantar. A cortar pescoços como ninguém. Sangue a rodos e ainda... Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman. Alan Rickman.

Sunday, 17 February 2008

Manhã de domingo

Meio-dia.
Acabadinha de tomar banho, a Radar começa a repetição de Thriller, de Michael Jackson, no Álbum de Família.
Toalha na cabeça, meias, cuecas e calças, visto o soutien à pressa, antes de começar o Thriller, para evitar a exposição aos zombies, à VOZ do Vincent Price, e as meias brancas com sapatos de sola pretos.
As ancas começam a abanar com as guitarras no Beat it, não consigo evitar dar saltinhos durante o Billie Jean e surge a pergunta enquanto tiro a toalha da cabeça: como é que eu não tenho isto ainda?

Adenda: Já tenho.