Thursday, 25 August 2005

31 songs

Era para ter feito isto antes de aparecer aquilo das idiosincrassias, mas pronto.
O Nick Hornby tem finalmente um livro novo – chama-se Um Grande Salto e só o descobri hoje -, mas queria mesmo era falar de outro, que se chama 31 Songs. É sabido o gosto dele por música – Alta Fidelidade estrutura-se, quem diria, num sistema de listas para quase tudo -, por isso fez esta compilação de 31 músicas que o marcaram ao longo da vida. Nem todos os comentários atribuídos a cada música são humorísticos, mas tem piada que até tenha incluído o Fly Like a Bird da Nelly Furtado.
Sendo assim, tentei fazer a minha própria lista de 31 canções - de sempre - e descobri que se 5 não é nada fácil, 31 muito menos. A ordem é aleatória.

Os amigos do Gaspar, Sérgio Godinho
Walk Away, Ben Harper
Whiter Shade of pale, Procul Harum
Bloodflow, Calexico
The End, The Doors
Sullen Girl, Fiona Apple
Grace, Jeff Buckley
Last Night, The Strokes
Fake Plastic Trees, Radiohead
Bodies, Smashing Pumpkins
Sinnerman, Nina Simone
Essa moça tá diferente, Chico Buarque
Clandestino, Manu Chao
Human Behaviour, Bjork
Serpentine, dEUS
Born to Run, Bruce Springsteen*
Of The Girl, Pearl Jam
Under the Bridge, Red Hot Chili Peppers
Águas de Março, Tom Jobim (c/ Elis)
Rebel Prince, Rufus Wainright
Lounge Act, Nirvana
Shiver, Coldplay
Summer Romance, Incubus
Anywhere on this road, Lhasa de Sela
Virgin Bride, Morphine
Redemption Song, Bob Marley
Red Right Hand, Nick Cave
Kiss of, Violent Femmes
Abas do Vento, Clã
Duia, Da Weasel
Kashmere, Led Zeppelin

Agora a ver se compro o Um Grande Salto.

*PS - Loser, Beck - o senhor Beck teve que ser preterido após uma iluminação no meio dos espirros e da tosse que me levou a trocar pelo boss. Como a música já se chama Loser, mesmo, não se deve importar...

18 comments:

um estranho said...

Tambem tens americanos e russos por aqui ? (sabes dessa?).

E QUE SONS QUE ESCOLHESTE !

um estranho said...

Ha ... esquecia-me: Bem vinda!

Anonymous said...
This comment has been removed by a blog administrator.
innocent bystander said...

conta, conta, enquanto extermino aqui um spam!
Gracias!

esdruxulando said...

Pois é muito bonito encontrar aqui músicas que também me dizem muito. Pondo de lado grupos como os Pearl Jam ou Clã, que adoro mas cujas músicas que escolheste não são as minhas preferidas (ou seja, "apenas" gosto muito delas), algumas músicas que escolheste dizem-me mesmo muito... Lounge act, walk away, grace, fake plastic trees, bodies, shiver, summer romance. Vou de férias com a ideia desta lista na cabeça. Seria bem difícil encontrar as 31 + significativas para mim, mas é um desafio interessante.

innocent bystander said...

tão boas férias, também já falta pouco para eu ir! Sobre os Pearl Jam e outros tentei escolher umas menos mainstream, menos single, porque gosto muito de descobrir outras músicas dentro dos discos, lá mais para o final da rotação, normalmente.

Jo said...

algumas das "tuas" músicas também são "minhas" ;)

diane said...

Excelente selecção innocent!!Excelente!

innocent bystander said...

claro, e ainda bem! algumas das da tua lista de idiocoisas também eram «minhas». afinal em que horário estas mesmo lá na A3? a ver se te oiço...

innocent bystander said...
This comment has been removed by a blog administrator.
innocent bystander said...

obrigado, diane! e podemos todos fazer, se o hornby até edita um livro só com isso (ok, ele explica....)

Jo said...

n me podes ouvir, ainda...estágio curricular...

innocent bystander said...

os porcos... um dia destes, então..

Rita said...

Jo e IB: Venham cá a casa, caraças, já vos disse.

IB: quando fores a Londres e vires um novo livro do Hornby, compra-mo. Please. Eu pago. O que for. (mas em paperback, claro)

innocent bystander said...

Eu bem que procurei! Até achei que o homem já tinha secado! Mas só encontrei antigos.
Hoje, aqui à esquina de minha casa, dou de caras com o Grande Salto (a desencorajadores 20 euros) e uma tradução do 31 songs. Espero por um tempo p ir a fnac.

Rita said...

Hornby traduzido nem morta!
Na Fnac há de certeza no original, paperback a metade do preço. Se vires diz-me.
Ou diz ao gajo que mora comigo para comprar... ;)

Jo said...

o 31 songs há na fnac, versão original...ou pelo menos em junho havia...rita:o lp tem o livro.

o novo...tb já deve haver...na esquire de maio(se n me engano no mês) vinha uma entrevista ao nick e critica ao livro...rita:o lp tem tb a revista, se ainda n a deitou fora...

ib: sim!eles são uns porcos!mas vida de estagiário é mm assim :)

innocent bystander said...

o 31 songs que tenho é parerback mas mais fino, é penguin viking (!), com capa dura. De resto tb possuo dois originais e dois traduzidos. Mas o facto é que estive quase a comprar os originais que já tinha em tradução. Além de serem mais puros, as capas são tãaaaao mais giras!!