Friday, 4 November 2005

Atenção... por favor... observação - MTV, o day after

(foto do brilhante Acordeonista aqui)

Nota: escrevo isto sem ver outros blogues, pelo que se houver repetições, peço desculpa.

Todo o meu entusiasmo pela cerimónia dos prémios foi correspondido logo nos primeiros minutos, mas a minha emoção foi-se desvanecendo ao longo do programa. Não é alheio o facto de ter estado com uma bruta enxaqueca, mas pude retirar isto:

positivo:
- Madonna, Madonna, Madonna. A música com o beat dos ABBA é espectacular, o número todo dela também. Foi um excelente começo para o programa e, para mim, o momento mais alto. A segunda entrada em cena, para dar o prémio ao Bob Geldof foi também exemplar, até quando mandou calar o pessoal que gritava por baixo dela, exclamando que «ainda tinha mais coisas para dizer»
- O Figo e o Nuno Gomes, muito à vontade. Ouviu-se SLB na MTV!
- a felicidade do Chris Martin ao ouvir o nome dos Coldplay para melhor canção
- actuação dos Coldplay mas sobretudo dos Gorillaz e o agradecimento para melhor banda - «E nem sequer existimos!»
- Gael Garcia Bernal e Diego Luna muito à vontade.

negativo:
- o apresentador. Para mim foi fraquíssimo o Borat, especialmente na rábula do Freddy Mercury. Piadas foleiras, que muita gente não percebeu. Só teve um pequeno arremedo de piada durante a actuação dos Foo Fighters
- o Chris Martin em slips brancos...
- Nelly Furtado - custa muito ler o que está no cartão?

- a fatiota da Sónia Tavares. O agradecimento foi bonito, mas havia necessidade de ir vestida com um lençol e uma chanata de ir à vizinha do lado pedir um ovinho? Não admira que tenham cortado logo...
- o pré-show na RTP, com aquela rapariga histérica na passadeira azul. Tenho uma irritação por aquela rapariga há muito tempo, que fala mais para a câmara do que para o entrevistado. Ontem, na passadeira, gritava para todos e aquilo de abraçar shakiras e nellys furtados como se fossem velhas amigas, enfim...
- as frases no ecrã que estão ali no título. Não percebi.
- O final, com o Borat pendurado de cabeça para baixo. Acho que aquilo não era suposto acabar assim...

Falhei a maior parte das minhas previsões - não contava com o sucesso dos Green Day na Europa, mas pelos vistos o rock-cotonete ainda vende. A Gwen Stefani saiu sem nada, os U2 também não se percebe. No geral não me preencheu por completo.

25 comments:

asterisco said...

Vá lá, vá lá, que ganharam os System of a Down.

innocent bystander said...

eu esses tipos não aprecio, confesso...

Senador said...

A tipa da RTP devia ser exilada!! O Borat não foi fraquissimo, foi dos mais ranhoso que se tem visto... E quando chamou prostitutas às Pussycat Dolls? Por falar nelas é impressão minha ou a ruiva é ou já foi um homem?

O Acordeonista said...

Acompanhei pouco aquilo pá. O gabinete de imprensa é uma bela merda. Mas ainda me ri com coisas que vi por lá. E saquei fotos! Eu tive na mesma sala com a Madonna e está registado. Eu vi-a. Se calhar nunca mais a vejo. Mas já a vi. E a Anastacia, peço desculpa, mas tem um cu fantástico. Também vi e secalhar não volto a ver.

Green Day. Lamento.

Urray for BobGeldof. Gostei da mensagem.

E os grandes System! Fiquei contente. São uma ganda pedra.

innocent bystander said...

posso-te gamar a foto da madonna, já agora? tá linda

O Acordeonista said...

Por quem és! (SLB, né?). Fica com ela, mas, quando mostrares aos teus miúdos, diz que foi aqui o je que a tirou, valeu? É um marco na minha vida pá! Eu estava na última fila dos fotógrafos. Tudo a gritar "Madonna! To The Left, to the right, left left". Foi o que consegui sacar, mas gosto muito dela! Ehehe!

innocent bystander said...

é já!

Jo said...

eu n vi tudo...mas do q vi...foi o de sempre...n fosse o figo e o nunito e nem percebiamos q os mtv eram em lx...

a rapariga da rtp...enfim...essa pessoinha nem merece comentários. ela é tão má tão má tão má que eu duvido das capacidades de quem a contratou...
para a próxima chamem-me e vou lá eu falar c as stars! n me iriam ver histérica de certeza!

Ah! adorei o gael!e a surpresa de vir acompanhado pelo diego! O México é um país a visitar ;)

As cuecas do Chris e a roupa da Sónia Tavares...enfim...foram visões tristes...

Lê o texto do Galopim q tenho no meu blog. Vale a pena!

O Acordeonista said...

Gostei do "brilhante". Que belo epíteto.

innocent bystander said...

é mesmo! a pose dela ajuda, claro, mas o tipo que fez click tb sabe da coisa.

O Acordeonista said...

Arra. Até vou daqui corado! E ainda devo ficar mais... vou aos copos. Saúde!

bonifaceo said...

Já se disse tanta coisa que vou dizer pouco, tirando que estava à espera de algum sucesso dos Green Day, parecia-me óbvio, depois de tantos singles lançados de um só álbum e de tanto tocarem nas rádios...
Já agora, qual é a apresentadora da RTP1 que tanto falam?

O Acordeonista said...

Bonifáceo... tantos singles? Só um álbum? Desculpa lá. Estiveste congelado durante vários anos, ou eu não percebi? Dookie? Nimrod? Por exemplo, e porque estou alcoolicamente alterado e não me lembro de mais dois?

innocent bystander said...

Eu fiquei surpreendida porque pensei que já eram um bocado passado e as musicas soam-me todas ao mesmo. Mas isso sou eu.

Boni: a apresentadora é a Bárbara Oliveira qualquer coisa, que tirou o lugar a alguem de talento durante o Euro-2004 e continua a fazê-lo. Só fala para a câmara, fala alto e pronto, não tem noção nenhuma daquilo.

bf said...

tem toda a razão, a xotora...
A rábula do Freddy Mercury foi absolutamente LAMENTÁVEL...
Quanto à Madonna... falhou-lhe a respiração: lamento dizer!
posso ser excomungado, mas...! qu'ésse d'zer...!

innocent bystander said...

bf: estive ontem a rever, e de facto a certa altura falhou ali um cadinho. Mas tomara eu aos 40 e tal anos mexer-me assim e dançar e pular e segurar no microfone e usar aquele maillot...

asterisco said...

Innocent Bystander:
E eu, que com a minha idade tenho um cai-cai que me fica a-ma-tar...

innocent bystander said...

jura?! já tás melhorzito?
cai-cai, hehe

um estranho said...

Em contrapartida o teu aguçado sentido de humor fez uma bela descrição de "alguns" momentos.

bonifaceo said...

Acordeonista, andas a precisar de uns óculas para ler como deve ser, andas andas, eu disse "depois de tantos singles lançados de um só álbum", é óbvio que me estava a referir ao último álbum, 4 singles tirados do American Idiot, que aliás, como também é óbvio e trivial foi por esse álbum que tiveram tantas nomeações, o passado não contou para nada. Antes do Dookie lançaram 2 e entre esse e o Nimrod outro e depois o Warning, se há coisa que eu estou atento é à música... para a próxima cuidado com o ataque, há que ler bem as coisas.

innocent bystander said...

vá, não se zanguem...

quaresma said...

Gostei mesmo de ver os Green Day a baterem o pé aos U2. Não, não são os Green Day que estão ultrapassados, o Bono é que devia continuar a fazer a música que levou os U2 à ribalta. A mensagem parece-me óbvia. Rock-cotonete? Conheces mesmo os Green Day?

innocent bystander said...

conheço. e dispenso. parece-me que estão sempre a fazer o mesmo. podes acusar os u2 disso? mas bom bom foram os gorilaz, que nem banda são.

quaresma said...

Pois eu acho que foram muito bem entregues. Só faltou o prémio para os Ena Pá 2000...

innocent bystander said...

ena pá, também acho!