Friday, 9 December 2005

Mamas, rabos, Black Eyed Peas e o Benfica

(foto minha, já com duas imperiais mamadas, eles estão mesmo algures lá ao fundo)

Folguinha boa para ir ver os Black Eyed Peas à noite. Bilhetes comprados há dois meses, depois de uma decisão em dois minutos. Nem sou grande, grande fã, mas que se lixe, ir em grupo é mais divertido.

Entrámos minutos antes da primeira parte, uns tais de Flypside. Pra aquecer, fomos às imperiais. Aquilo durou uma meia hora e foi evidente que faltou ali uma gaja. Só animou quando o rapaz perguntou se estava alguém do Benfica. A miudagem, incluindo nós, respondeu afirmativamente. Intervalo, faz-se a onda e eu levanto um braço, como faço sempre. Visita rápida ao WC, primeira imperial com saída directa.

Pouco depois das nove horas entram eles, os Peas. Fergie linda, sabe vestir um fato de treino. Top generoso, mamaçal no sítio, pronto a bombar. só lhe tirava a franja. Uma, duas três músicas e eu já a saltar, copo debaixo do banco, calor a subir. Telemóveis ligados por todo o lado. Ela também se abana, pula e salta por tooooooooooodo o lado.

Sweet child of mine? Vai entrar o Axel? Não, era só o fim de uma canção. Eles fazem covers ainda da música emblemática da banda sonora do Pulp Fiction, Kanye West, Snoop Dog, 50 Cent, Eurythmics, Franz Ferdinand (!) e sei lá quem mais: apetece ouvir estas músicas todas, mas eles dão só um cheirinho.

«Manchester United vai levar no cu» é cantado em uníssono por 16 mil pessoas. Isto inclui pessoas entre os 20 e os 30 anos, como era o caso da minha maralha, mas também putos de 9, 10 e os respectivos paizinhos. É bonito. Com esta graxa eles ganham definitivamente a malta, se bem que, se ela tem entrado com uma camisola do glorioso a coisa teria sido ainda mais apoteótica. Segunda imperial aviada. O Will.i.am desfaz-se em «gracias», o que não é tão bonito. Mas pronto, os rapazes deram cá o salto vindos de Barcelona e rumo a Madrid.

Terminam com Let's get it started e fica a sensação de que se queria ouvir mais mas, sem termo de comparação, só posso gostar.

Podem ler aqui a Misunderstood, que esteve lá a abanar-se como eu.

5 comments:

Pim said...

Ora aí está uma bela crónica, amigaaaa. Mas fica a ideia de alguma desilusão, não sei...
Ah, e está pouco vincada a parte da bezana. É que pelo que já me contaram, xiiiii!!! Era só alegria, ehehehe!!! E bem!!!

Beijokas gands, amigaaaaa! :)))

P.S: O benfica é que pronto...

innocent bystander said...

Contaram? contaram? são uns exagerados!

Desilusão nem por isso, mas lá está, a gente queria ouvir mais. Das dez pessoas eu era prai da mais animadas, e não era só por causa das imperiais. Mas investigue junto deles, amigo, investigue...

Pim said...

E ainda bem que estava animada, amiga!!! Vou investigar, então...
;)

esdruxulando said...

a fergie tem qualquer coisa que me desagrada. a franja é o menos. É também o rabo. não é que seja grande. o da beyoncé é maior e está que é um espectáculo. o rabo da fergie é desproporcionado em relação ao pernão - que, acrescente-se, tb n me diz nada, e mais uma vez entra o exemplo da beyoncé. em termos de mamaçal, pois está muito bem.
e os truques de ginástica que ela faz ao vivo? no sbsr fiquei impressionado. não fosse a franja e o rabo e aquilo despertava a imaginação.

innocent bystander said...

é, faz umas piruetas só com uma mão no chão e o microfone na outra e continua a cantar.
O rabo não é grande, até é enxuto. Eu levava-a pra casa.