Friday, 2 December 2005

Em defesa de Niles Crane

Só um exemplo. Niles e Frasier conversam no café sobre a nova namorada de Niles, que por acaso, é uma rapariga daquelas que se contratam à hora:

Niles: I'm, going to let it go slow with Sabrina...
Frasier: You mean you haven't?...
Niles: Please! Are you mad? You don't proposition a woman like Sabrina on the first date! Last night after dinner i gave her only a kiss onthe wrist. Tonight i may proceed to hand-holding. If all goes well, in two weeks time, i shall storm the citadel of her womanhood...

Cá está. Não tem nível o modo como prevê saltar prá espinha da rapariga?

11 comments:

diane said...

Innocent, temo que mais ninguém nos compreenda neste fascínio por aquele homem...
Bela quote!!Mas eu ja estou convertida;)

innocent bystander said...

hehe, esta era mesmo só pra nós as duas! Acabei de postar! vi num episodio que tinha prali gravado.
é brilhante.

diane said...

;)

asterisco said...

Eu vi esse episódio. O que eu me ri quando ele percebeu que estava com ela há três dias e que eles tinham o número do cartão de crédito dele.

innocent bystander said...

hehehe, pois foi...
q raio, o que estragou tudo foi ela ter gostado da colecção de vasos portugueses dele...

bonifaceo said...

Está um riso o diálogo... não me lembro se vi esse episódio. É que essas séries davam tardíssimo na tvi e nem sempre dava para ver, também havia aquela com um preto que agora não me lembro do nome e two guys and a girl (que também deu na fox).

Miguel Marujo said...

eu por mim gosto muito da série... em português gosto do saltar prá espinha...

Zeka said...

Tá giro, sim senhor!
Também gostei muito da expressão que encontraste para definir em poucas palavras e em bom português, aquilo que o gajo descreveu num exercício da mais refinada poesia.

Beijos

innocent bystander said...

exacto, meninos, o mais bonito aqui é mesmo a poesia. Que me abstenho de traduzir, pois perderia musicalidade e tal.

Saltar prá espinha a concelho, então!

Lu said...

IB e Diane, só vocês para elogiar um dos maiores totós televisivos. Ehehehehe!

innocent bystander said...

Mas a sério, é um totó tão querido...