Thursday, 2 March 2006

Brokeback mountain

Muitos de vocês, sobretudo a Lisa e Pim, já disseram tudo
sobre um amor que só vive em pleno quando escondido na montanha.
De um amor que, mesmo assim, sobrevive a todas as
dificuldades e até a morte. De um amor que faz com que eu ache que é importante ter quem nos cheire as camisas.
Percebo e admiro a contenção do Ledger, o voluntarismo do Jake. Lindos, os dois.
E encanta-me que, numa semana, tenha conseguido ir três vezes ao cinema, com a qualidade sempre a aumentar - ok, o Munique fica a perder para este e para o Walk the line.

E agora só para o Pim: dos 5 euros mais bem gastos dos últimos tempos.

12 comments:

Pim said...

Para ver um espectáculo daqueles, 5 euros até é baratito, né amiga? ;)
Grande filme, não me canso de dizer...
Eu, pelos vistos, faço o caminho inverso, redução de qualidade mas, confiando na amiga, não muita...

A ver os outros!

bonifaceo said...

Eu ainda não vi o Brokoback Mountain, mas acho que se em vez doutro homem a personagem principal se tivesse apaixonado por uma rameira, que também seria um amor proibido, ninguém falava no raio do filme como candidato, acho que só é tão falado por serem mesmo dois homens a apaixonarem-se...

um estranho said...

Já está na calha para ir ver.
Cada vez que vos leio a falar sobre o filme fico ainda mais em pulgas. Parece que o proposito deste filme, levar as pessoas a entenderem que o amor não escolhe estados "fisicos", está a atingir o seu objectivo.

innocent bystander said...

alex: na mouche. (claro que também ajuda eles serem giros e passearem muito, e tal, mas pronto, penso que quando vires percebes)

Lolita said...

Têm que ir ver o Capote. Genial!!!

O Chaparro said...

ok, até podem ser uns borrachos pras mulheres mas é um bocado gay, um bocado é favor....

Lisa said...

Ó pá, o filme é lindo, mesmo um espanto!
E não tem nada a ver com o facto de ser um amor entre dois homens, o facto é que está muito bem filmado e interpretado.
Merece bem ganhar uns óscares.

asterisco said...

Já me levas uma vantagem: nunca vou ao cinema, não conheço nenhum dos filmes. Espero sempre que saia o DVD. Mentira: fui ver o Star Wars - Episode III. Tinha de ser...

innocent bystander said...

pim: não se esqueça de ir ao jaquin, pela sua saúde...

boni: e se fossem duas rameiras? o filme é bom, bem filmado, ponto. claro que o facto de ter dois homens o torna mais falado, mas enfim.

lolita: a ver, a ver

chaparro: são borrachos, sim, mas não tornam a historia menos verdadeira.

lisa: nem mais.

asterisco: foi o único que não vi, esse. Já não tinha pachorra. Esse mesmo é que vou esperar p ver na tv.

Pim said...

Vou ao jaquin, pois! Ao Jaquin e à Reeeeeeeese, com 32 éés. Ai que tanto ééé, me dá vontade de gritar: Méééé! Isto de ver filmes de pastores é nisto que dá!

bonifaceo said...

Hum, bem interpretado e bem filmado não chega para ser um bom filme, embora eu acredite que tem qualidades, mas ainda não ouvi algo que realmente me atraia para o ver.

innocent bystander said...

então vai lá e depois falamos. entretanto, parabéns, que me tenho esquecido!