Thursday, 22 September 2005

bodyboardar

Na praia ouvem-se as conversas mais disparatadas, mas as das crianças são lindas, puras. Fica aqui um excerto, eles não teriam mais de dez anos:

-Olha, não há ondas, não vai dar para a gente surfar...
- Deixa, a gente também não vai surfar, vai bodyboardar! Não é preciso ondas muito grandes.
(...)
- Não viste aquela brasileira que foi competir grávida?
- Pois, o filho dela é capaz de nascer já com um galo. Mas ao menos já sai a saber bodyboardar...
(...)
- Se os das novelas viessem aqui para Altura filmar em vez de ir para o Alvor punham a terra toda conhecida para Portugal e arredores.
- Pois era. Lá fora há muita gente que quer ver os programas de cá. Eu, se fosse emigrante, comprava logo uma TV Cabo...

4 comments:

O Acordeonista said...

Altura hein! Eu estive na Mantarota. Mesmo ao ladinho!

just me said...

Há lá coisa mais linda que a criançada!!!!!!
Sejas benvinda!!!!

Misunderstood said...

Bem-vinda. Temos saudades tuas lá no Café. A nossa guruzinha anda sem tempo, eu tb estive de férias... Temos estado a meio gás. Valeu-me o telemóvel e as nossas conversas. Sempre nos rimos dos disparates alheios e dos nossos, que não são poucos. Beijos.

innocent bystander said...

Manta Rota? Tive lá vários anos! O pior é aquele ventinho que se põe à tarde...

Lá irei, Mis, lá irei. Beijos, mana