Thursday, 22 September 2005

Alternativa em Canal Caveira

Quando o trabalho que faço me leva até à exaustão e só apetece desistir, via-me até agora com três alternativas:

- uma loja de fotocópias. Juntinho a uma escola e com preços competitivos era dinheiro certo
- fazer rissóis. Sem stresses, uma rede na cabeça e bora lá usar as mãos.

(Numa jogada puramente visionária, até vendia os rissóis ao pessoal que estivesse à espera das fotocópias.)

- ser portageira. Levava o meu livrinho, um aquecedor para os pés, um crochet e boa viagem a quem passa.

Agora junto mais uma:

- fazer bifanas e sandes de queijo de serpa num café em Canal Caveira. A lindeza daquilo começa logo no nome e, felizmente, a terra não perdeu assim tanta clientela como isso com a auto-estrada para o Algarve. A malta faz o desvio que for preciso para ir aviar um cozido (não que eu recomende para quem vai de viagem).

4 comments:

Portuga said...

Eu já escrevi isto no meu blogue. O meu sonho em alternativa a este infeliz emprego que tenho agora era o da personagem desempenhada pelo Harrison Ford no filme "Seis Dias, Sete Noites". Isso é que era. A fazer serviço de táxi aéreo entre ilhas paradisíacas.

Jo said...

há anos q n como um cozido em canal caveira...bela recordação :) do tempo em q n havia a2 até ao algarve...

innocent bystander said...

Também não está nada mal, esse papel do harrison ford, não está não, portuga...

faz-se um desvio, Jo, um desvio!

innocent bystander said...

e pelo que vi no post aqui abaixo, trabalhar numa loja de discos também era porreiro, assim do estilo do Alta Fidelidade do Hornby. Tanta coisa boa para fazer!