Monday, 1 May 2006

O tempo passa


12 anos, hã?

4 comments:

Bao said...

Parece que foi ontem e já lá vão 12 anos. Ainda me lembro tão bem daquele dia. Desde então a Formula 1 nunca mais foi a mesma, nunca mais existiram as lutas entrre o "professor" Alain Prost e o "aluno" Senna que tanta emoção criavam em mim e nos meus primos quando religiosamente assistiamos aos grandes prémios de Formula 1 em casa do meu primo Nereu. Tudo mudou e agora já nem me levanto de madrugada para ver a formula 1. Mesmo de dia já nem vejo alguns e os que vejo por vezes adormeço. Que saudades do grande Ayrton Senna.

pedro oliveira said...

Passei, apenas, para lhe dar os parabéns pela qualidade que a sua escrita possui... continue.

innocent bystander said...

é isso, primo. Desde essa tarde, F1, para mim, nunca mais.

Pedro: Muito obrigada, até fiquei aqui toda inchada. Volta sempre.:-)

Pedro said...

Grande!

Era mais que um Deus: era humano!

Demorei anos a voltar a ver F1, e nunca mais foi a mesma coisa.