Monday, 2 May 2011

Desafio aceite

Isto de não recorrer à estante é complicado, mas cá vai o desafio da i:

1 - Existe um livro que lerias e relerias várias vezes?

Existe, mas hoje em dia não o faço. Já li Os Maias três vezes, é provável que não volte lá, outro livrinho foi O Silêncio do Mar. Lemos um excerto numa aula de português no secundário. Gostei tanto que fui comprá-lo e já passei por ele várias vezes. Acho que o perdi por tê-lo emprestado. Leria O Amor em Tempos de Cólera outra vez.

2 - Existe algum livro que começaste a ler, paraste, recomeçaste, tentaste e tentaste e nunca conseguiste ler até ao fim?
Comprei o Cão Amarelo, do Martin Amis, já o comecei duas vezes e larguei; por outro lado, comecei duas vezes o Crime e Castigo, consegui, e gostei.

3 - Se escolhesses um livro para ler para o resto da tua vida, qual seria ele?
Hum... um que teria de ler e reler para sempre? Se calhar daqueles que tinham que se jogar com dados, em que consoante as pistas íamos parar a um número e lutar ou receber recompensas.

4 - Que livro gostarias de ter lido mas que, por algum motivo, nunca leste?
Tal como a i, adoraria conseguir ler o Ulisses. Mas acho que nunca vou conseguir, tal como o Pela Estrada Fora, do Kerouac. Estão lá os dois na estante.

5- Que livro leste cuja 'cena final' jamais conseguiste esquecer?
Esqueço facilmente cenas finais. É bom se se quiser voltar a ler o livro..

6- Tinhas o hábito de ler quando eras criança? Se lias, qual era o tipo de leitura?
Tirando os tio patinhas, hyper Disney e companhia?. Em nova, e porque não dava para comprar quando me apetecesse - embora nunca tenha havido grandes problemas em que os meus pais me comprassem livros novos -, rodavam Uma Aventura e Viagens no Tempo em loop. Também Asterix e Mafalda.

7. Qual o livro que achaste chato mas ainda assim leste até ao fim? Porquê?
Repito a i: O Alquimista, que li por especial favor a uma amiga só para ver o fenómeno Paulo Coelho (curiosamente, a biografia dele parece-me mais interessante do que qualquer livro que ele já terá escrito). Um da Ana Teresa Pereira, que já nem sei o nome – pediram-me para o ler para o tentar explicar, mas também fiquei cabreada com aquilo. Cada vez mais largo um livro se me está a chatear.

8. Indica alguns dos teus livros preferidos.
Tirando todos os já referidos acima, nos últimos tempos gostei muito de um autor norueguês, o Lars Saabye Christensen: comecei no Beatles, acabei a chorar com o Herman. E isto só assim de cabeça. Os clássicos do Marquez, os mais antigos do Nick Hornby, O Jogador do Dostoievsky; Depois, e apesar de já ter lido tarde, As Brumas de Avalon e o Senhor dos Anéis

9. Que livro estás a ler neste momento?
A breve e assombrosa vida de Oscar Wao, de Junot Diaz. Estão muitos em fila de espera e a Feira do Livro já a decorrer... Consegui finalmente acabar o Stieg Larsson

7 comments:

I. said...

Pois, cada vez faço menos fretes, se não estou a gostar ponho de lado. E que tal achaste do Stieg Larson?

innocent bystander said...

O Stieg? espectáculo, mas por vezes pormenores a mais, background a mais. Acho que os filmes (já vi o 1 e o 2 suecos) são um excelente resumo da espectacular Lisbeth

A Dieta e a Cidade said...

oh! adorei!! Acho que também vou fazer um dia destes! =D

innocent bystander said...

força!

Corre! said...

Por acaso o final que mais impacto teve em mim foi o d'Os Maias. Aquela parte em que eles apanham o eléctrico, é como se me lançasse para um abismo. Não encontro razão nenhuma, é apenas emocional. Tenho ali O Jogador em fila de espera.

bonifaceo said...

Por acaso não achei muita piada no geral a O amor em tempos de cólera, embora tivesse bons momentos. :D
Gostava de conseguir, mas ainda não reli nenhum livro, talvez porque demoro demasiado tempo por vezes a acabá-los e ter sempre coisas novas na estante por ler.

A Dieta e a Cidade said...

Olhaaaa! Também fiz esse teste! Afinal foi aqui que o tinha apanhado! http://adietaeacidade.blogspot.com/2011/05/livros-livros-e-mais-livros.html

Beijo!