Thursday, 16 September 2010

Medo

Um dos meus grandes medos na vida é acabar a falar sozinha na rua. A falar alto, como se tivesse alguém ao meu lado.

Como aquela senhora com quem já me cruzei duas vezes na H&M, que pega numa peça de roupa e diz: «Olha vês? Gosto disto. O pior é que não me serve. Gosto. O pior é que não me serve.». Volta a colocar a peça no cabide e avança. A falar sozinha.

4 comments:

a mulher certa said...

ai meu deus. gente tão fofa.

I. said...

esse também é um dos meus maiores medos.

(já me aconteceu. estava me mate ao meu lado, e eu a falar, e de repente ele vai sabe-se lá para onde, e eu a falar com o vazio. anda a treinar para ninja, o gajo: agora está aqui, agora já não está. e eu a fazer figuras destas)

innocent bystander said...

eheh, fofíssima, até fugi.

pá, também já me aconteceu falar para outras pessoas que não aquelas com quem estava. Até pegar numa mala alheia já peguei. Agora sozinha...

a treinar para ninja, hehe. O q acontece mais, sobretudo em lojas de roupa, é ele acabar por engrossar a plateia de homens à porta

dumb witness said...

Sabes que esse tipo de pessoas me fascina?fico sempre a pensar no que as levou a isso.Dou sempre o benefício da dúvida.Se calhar têm um mundo mais rico do que muitos gajos engravatados que passam por nós. Esses sim assustam-me. Parece que os olhinhos estão vazios.Máquinas ou qualquer coisa do género