Monday, 16 April 2007

Anita

Bom, numa incursão pelo Jumbo, na feira do livro dos senhores, dei de caras com uma réplica da primeira edição da Anita, publicada em Portugal em 1965. Não hesitei e comprei. Fiquei emocionada quando vi as gravuras, tão marcadas na minha mente. Anita a tirar a roupa da corda porque está a chover, Anita a fazer profiteroles, Anita a colher cravos.

Por acaso, nunca tive um livro da Anita. Esta memória vem-me da escola, da casa das amigas, das edições em Francês da minha prima. Até porque duvido que hoje em dia, a Debbie, como é conhecida a Anita nos Estados Unidos, tivesse que fazer isto tudo. Até desconfio um bocado dos desenhos, que fazem da miúda uma trabalhadora em casa à boa maneira do século passado com uma saia curtinha a roçar a Lolita.

A «desculpa» para comprar isto foi a nostalgia. Mas a uma filha minha vou antes passar o «Rosas inglesas» da Madonna, cá agora a Anita a trabalhar em casa que nem uma moira.

7 comments:

just me said...

Também comprei, dei às minhas filhas, mas adorei rever o livro. De facto esse livro já não está muito in, mas comprei tb outros da coleção, as miudas adoram. E a seguir parto para outros livros da minha meniniçe, As gémeas, Os cinco, Os sete, O Colégio das quatro torres, e por aí fora! Só não compro os da Patrícia, porque ela sempre me irritou imenso!

bonifaceo said...

A minha irmã, nascida em 78, tinha uma carrada desses livros da Anita e a minha prima, um ano mais velha que ela, também tinha uns quantos.
E antes um livro do Tim Burton em vez do da Madonna?! :D
Beijo.

innocent bystander said...

just: mulher, que é feito de você que fechou o estaminé? hehe, isso é que vai ser uma colecção!

boni: já lá tenho A Morte Melancólica do Rapaz Ostra & Outras Estórias prós rebentos. Vale? :-)

bonifaceo said...

Estive com essa coisa na mão na altura de uma campanha que houve há pouco tempo na Bertrand, mas não me apeteceu gastar dinheiro... fica para uma próxima vez, não sei se acharei muita piada, mas gostei dos desenhos e vale pelo menos pela variedade literária.

just me said...

Ib: dei um tempo no estaminé mas continuo a vaguear por aí!

I. said...

Ai a Anita, os cinco, os sete, as gémeas e o colégio das quatro torres! Ainda os guardo todos, todinhos, religiosamente (em casa da avó, que na minha já não cabem :P)

Não sei se uma filha minha os apreciaria, e até eu, hoje, acho a Anita demasiado boa menina e dona de casa para o meu gosto. Mas deste-me cá umas saudades :')

Loira said...

Pois, eu ja tenho a colecçao da madonna pronta... so falta mesmo a filha! :/