Monday, 10 July 2006

O prometido é devido

(AFP)

A Itália jogou como muita gente nunca pensou e chegou à final, ganhou com um remate de um Grosso. No princípio postei que não chegavam lá, enganei-me e até gostei dos festejos no relvado com mosh. Mas disse que o Nesta não jogava, e foi verdade. Bem me parecia. Agora tenho de ir consolar o menino, que está ali à direita e que não jogou por lesão.

8 comments:

Pedro said...

4 títulos para o catenaggio é demasiado! Por isso o meu desejo para esta final era uma vitória vergonhosa para a França. E quase que se cumpria. Só faltou mesmo a vitória.

Depois deste desgosto, só espero ter a alegria de ver clubes italianos relegados para as divisões inferiores e o futebol italiano esvaziado de vedetas!

Pim said...

oh, pedro, pá! Esta Itália era tudo menos catenaccio. Esse raio de mito também já começa a chatear:

-Que catenaccio na final da Champions 2005, Milan-Liverpool (3-3)
-Que catenaccio no Alemanha-Itália (0-2) meias-finais do Mundial-2006?

Vá lá, méne...

Pedro said...

Itália 2 - 0 Austrália: Não vi mas disseram-me que foi um bom jogo, com a Itália a jogar bem e bonito.

Itália 1 - 1 USA: não foi catenaggio porque foi mau de mais para isso.

Itália 2 - 0 Rep. Checa: se não foi catenaggio, não sei o que isso é... Jogo fraco, de contenção, com dois golos, nos momoentos certos, em poucas mais oportunidades.

Itália 1 - 0 Austrália:
Golo aos 94 minutos com um penalti inventado. Não foi catanaggio, foi calciocaos!!!

Itália 3 - 0 Ucrânia: golo cedo, futebol de contenção, contra-ataque com dois golos a matar o jogo - catenaggio!

Itália 2 - 0 Alemanha: tens razão não foi catenaggio, a não ser por terem marcado um golo aos 120' !!! E depois dado o habitual golpe de misericórdia...

Final: final? Que final???

Pim said...

Opá, se é pelos resultados, o que dizer de Portugal que teve de esperar 365 minutos (sim, um minuto por cada dia do ano) entre os seus dois últimos golos no Mundial:

Maniche, min 23, Portugal 1-0 Holanda

Portugal 0-0 Inglaterra

Portugal 0-1 França

Nuno Gomes, min. 88, Portugal 1-3 Alemanha

Catenaccio?! Pronto, ok, mau avançado, eu diria!

Amigo Pedro, a minha intenção é apenas ressalvar que, finalmente, vimos uma selecção italiana a jogar à bola. Se é para lhe chamar catenaccio, então isso aplica-se a Inglaterra, à Holanda, à França (muito!) e até ao Brasil de Scolari em 2002.
Ass: fã da «azzurra», pronto

lusitânea said...

Estou mais perto e também mereço!(consolo é claro)Ou és das que fazem discriminações?

Pedro said...

Caro Pim, estou plenamente de acordo que foi o catenaggio que venceu este Mundial. Alias, ja o tinha referido em O Trivial. Citando o Scolari: quem jogou bonito foi para casa...

E dai o meu descontentamento.

Pim said...

Partilho contigo esse descontentamento. Depois dos três últimos mundiais, com a qualidade a descer sucessivamente, estou convencido de que o futebol bonito tem mesmo os dias contados... De facto, a intensidade com que fomos vivendo os sucessos da selecção impediram que víssemos realmente o que estava a acontecer. Mundial fraquinho, fraquinho... E com o catenaccio a impor-se em quase todas as selecções que chegaram longe, como bem referes!

Siga aquele abraço, então...

O Chaparro said...

vim desejar um bom fim d semana